DANIEL MILAGRE

A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

POEMA O AMOR É COMO O NARCER DA AURORA


A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

O AMOR É COMO O NASCER DA AURORA

O amor é como o nascer da aurora,
Que aparece pujante detrás do monte
Nasce diariamente pelo mundo afora
Aparece sempre para lá do horizonte
Estabelecendo amor a toda a hora
Com o humano espirito a fazer de ponte,
Que se transmite sem denotar demora,
Entre ele e ela como sendo defronte,
Raios de sol de amor, de persistente flora
Amor de sonho, vibrante, abarcante
Amor sonhador, revelado por metáfora
Amor ao mundo, de anjo acariciante
Ardente vivaz, ainda que seja na diáspora
Deus compensará com algo aliciante
O amor é como o nascer da aurora,
Que aparece pujante por detrás do monte,
Nasce diariamente pelo mundo afora.

Daniel Costa

domingo, 1 de setembro de 2019

POEMA AMOR BALBUCIADO


 A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e óculos graduados

AMOR BALBUCIADO

Amor balbuciado
Amor… Amor sentido
Vigor dedicado e acariciado,
Vivenciado, nítido, definido
Vivenciado e cumpliciado
Amor compartido, bem gerido
Amor, à justiça, penitenciado
Eternamente feliz, sem alarido,
Eternamente descomplicado
Eternamente cândido,
Por coro de anjos referenciado
Em noite sem luar, o negro cerzido,
De pintas brancas abrilhantado,
A parecer anjo enviado por cupido,
Amor balbuciado,
Amor… Amor sentido,
Doce, acariciado.

Daniel Costa


sábado, 17 de agosto de 2019

POEMA AMOR DE ENCANTAMENTO


A imagem pode conter: 1 pessoa, closeup

AMOR DE ENCANTAMENTO

Amor de encantamento
Depois da chuva, o luar
Como implantar talento,
 Será gostar de adiamantar,
Criando bonito advento,
Amor, mente viva, a flutuar
Seresteiro; o condimento
Viola com melodia a insinuar:
Chegou o real momento,
Agridoce a acentuar,
Oloroso ornamento,
Talento a se insinuar
Amor de encantamento
Amor ideal a perpetuar
Amor de contentamento
Depois da chuva o luar.

Daniel Costa