DANIEL MILAGRE

A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

domingo, 5 de abril de 2020

POEMA PLANTEMOS LÍRIOS


A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

PLANTEMOS LÍRIOS

Plantemos lÍrios
O coronavírus acena
Mundo em velórios,
 A natureza aliena
Esforços notórios
A terra condena,
A terra em calafrios
Como extensa arena
Plantemos lírios
O coronavírus acena
Destruamos desvarios
Elevemos a patena
Destruamos sicários
Protejamos a vida terrena
Exterminemos desvarios
  A milenar Terra pena
Plantemos lírios
O coronavírus acena

Daniel Costa


segunda-feira, 30 de março de 2020

POEMA O CORONAVIRUS EO COSMOS


 A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, oceano e ar livre

O CORONAVIRUS E O COSMOS

O coronavírus e o cosmos,
Folia de, dele, fugir para viver
Ao coronavírus resistimos,
 Para resistir deixamos de conviver
Do espírito do coronavírus fugimos,
Coronavírus; queremos sobreviver!
Confinados ao apartamento reflectimos:
- Sem animação, quando e como irás resolver?
Até interrogares o cosmos, te agredimos,
A marchar, farás esquerda volver,
Darás passos atrás, diabo valdevinos!
 Morrerás, S. Jorge te mandará abater
Coronavírus e o cosmos,
O cosmos e a folia de viver!

Daniel Costa

terça-feira, 24 de março de 2020

POEMA O MEU AMOR É UMA ESTRELA



O MEU AMOR E UMA ESTRELA

O meu amor é uma estrela,
Estrela alegre, de ternura
Brilhante como aguarela,
Assaz bonita iluminura,
Brilhante, não bagatela,
Jamais fora abreviatura
Bonita estrela de passarela.
Como brilhante arquitectura
Olor a grande pau de canela
Onde passa deixa sempre aura.
 Meu amor é uma estrela,
Estrela alegre de ternura
Aura ou brilho de capela,
Aura de Sagrada Escritura,
Aura de bonita donzela,
Talvez como fotogravura
O meu amor é uma estrela,
Estrela alegre de ternura.

Daniel Costa