DANIEL MILAGRE

A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

POEMA BELDADE RISONHA, GENEROSA


A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, óculos graduados

BELDADE RISONHA, GENEROSA



Beldade risonha, generosa,

Altruísta do amor, sei eu

Generosidade poderosa

Sorriso e dialecto de jubileu

Tez iluminada, amorosa

Onda de frescura, de troféu,

Brilhando na trilha airosa

Serenidade de apogeu

Exalando amor milagroso

Eu… Eu… E eu,

Eu alma... Ditosa!...



Daniel Costa


quarta-feira, 12 de setembro de 2018

POEMA ESFUZIANTE E IMPERIAL BELEZA


A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e interiores

ESFUZIANTE E IMPERIAL BELEZA

Esfuziante e imperial beleza
Sol para a minha oração
Amor de excelsa realeza
Atraente pudor de devoção
Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração
Como em alcova de alteza
Elipse de amor e comoção,
Divindade… Oh firmeza!...

Sol da minha oração
Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração
Divindade… Oh firmeza!...

Manto de paixão e fidelidade,
Manto de sorridente paixão
Manto de terna bondade,
A que correspondo então
Acenando com amor e verdade,
Verdade de eterna devoção,
Beleza de potestade,
Que prendeu meu coração

Sol da minha oração
Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração
Divindade… Oh firmeza!...

Daniel Costa



terça-feira, 4 de setembro de 2018

POEMA BONITA E AIROSA RACHEL


 Off the shoulder....shorts are a bit short but love the colors together and the top!

BONITA E AIROSA RACHEL



Bonita e airosa Rachel

Meu coração alvoraçado

Poetisa azougada como mel

 Quiçá eu apaixonado,

 Teclando como corcel,

Imaginando o mundo doirado,

Num gingar amorável,

Passo cadenciado,

Olho, sentindo-me iluminado



Bonita e airosa Rachel

Poetisa azougada como mel

Num gingar amorável

Olho Sentindo-me iluminado



Bonita e airosa Rachel

Sigo-a, olhando encantado

Como se olhasse um capitel,

De feliz olhar amelado

 Catedral feita a cinzel

Olhar apudorado

Balbuciando, incontrolável

Jeito de oração durável



Bonita e airosa Rachel

Poetisa azougada como mel

Num gingar amorável

Olho Sentindo-me iluminado



Daniel Costa