DANIEL MILAGRE

A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

POEMA SÓ


 A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, sentado e closeup


Jornaleiro afectuoso
Trabalhador talentoso
Jornalista operoso
Editor fogoso
Escritor laborioso
Trato amistoso
Dom animoso,
Vida de bondoso
Viver assombroso
Doce, belicoso,
Argúcia de brioso
Astúcia de calmoso
Pensamento caridoso
Envolvimento harmonioso
Sentimento contagioso
Só,
Sentencioso
Mistério gozoso
Só!...

Daniel Costa

sábado, 28 de dezembro de 2019

POEMA PRESSA DE VIVER ii


 Bell Sleeved Lace Quinceanera Dress by Mori Lee Vizcaya 89192

PRESSA DE VIVER I I

Pressa de viver
Que hei-de fazer?
Com a hipertensão
Esta verdadeira rebelião
A acicatar-me a alma,
O desejo de permanente,
De permanente construção
De voraz sensação,
Sempre a desejar construir,
Quiçá em intermitente estado,
Estado de; em qualquer,
Qualquer viração,
Seja Inverno ou Verão
A verdade a revolucionar
Em qualquer ocasião,
A minha alma em ebulição,
Sempre com toda a vocação
Em verdadeira bebedeira,
Poder de realização,
Na mais pura paixão,
A acabar sempre em pura,
Em pura emoção,
Pressa de viver,
Só assim sei fazer.

Daniel Costa


terça-feira, 24 de dezembro de 2019

POEMA AMAR É COM O NASCER DA AURORA




AMAR É COMO O NASCER DA AURORA

Amar é como o nascer da aurora.
Como verdadeiro presente de Natal,
Qual bonita caixinha de Pandora!
Contemplação, viva, fundamental,
Que paira no coração a toda hora,
Que se manifeste transcontinental
Será sempre doce como amora,
Amora silvestre em taça de cristal
Amar é como o nascer da aurora,
Como verdadeiro presente de Natal,
Compartilhado, brilhante como espora,
Brilha reluzente, ficando intemporal,
Ditosa, virtuosa, alma tabuladora
Espirito sempre vivaz em ritual
Amar é como o nascer da aurora,
Como verdadeiro presente de Natal!...


Daniel Costa