segunda-feira, 22 de maio de 2017

POEMA AMO A PRINCESA

Foto de Daniel Cordeiro Costa.


AMO A PRINCESA

Amo a princesa
Ela, diva, não suspeitará
Saberá de surpresa,
No meu coração reinará,
Aveludada como framboesa
Arrebata e arrebatará!
Amo a princesa,
Por ela o coração pulsará.
Infinitamente; tenho a certeza,
Paixão insensata, será?
Ela já nasceu duquesa,
 O amor de poeta reinará!...
Amo a princesa,
Amor que reconfortará
Ainda que fosse prioresa
 O brilho de alteza, jamais se ofuscará,
A poesia será, defesa…
A poesia me salvará,
Amo a princesa,
Ela à minha poesia se renderá

Daniel Costa




sexta-feira, 19 de maio de 2017

POEMA JORNALEIRO JORNALISTA


Foto de Daniel Cordeiro Costa.


Foto de Daniel Cordeiro Costa.



Foto de Daniel Cordeiro Costa. 





Foto de Daniel Cordeiro Costa.

Foto de Daniel Cordeiro Costa.Foto de Daniel Cordeiro Costa.

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

JORNALEIRO E JORNALISTA

Jornaleiro e jornalista…
Porque não escritor?
Se poeta aparece na lista!
Duzentos “explorei” no meu labor?
Duzentos patrões haja em vista!
Sempre afincado e com fervor,
Esperança é fé na pista,
Sempre compulsivo leitor!
Quereis saber meu pendor biblista -
- Onde chegou o pundonor?
Imaginava… não sou calculista!
Ajudava o meu progenitor
Prefiguro mente de idealista
Antes das aulas já ajudava com fervor!
Hoje se diria comando imoralista
Porém obedecer escorreito era louvor
Em breve foi pastor vero e virtualista,
Aprendiz de pescador e mariscador,
Criado de lavoura, estilista
Intervalei, de loiça consertador… gateador,
Padeiro breve e generalista,
De brinquedos; artesão construtor,
De madeira: mãos de artista
Jogos de matraquilhos autor
Mesas secretárias artesanais, activista
De muito mais projector
Jornaleiro, de jorna, já niilista?
Vinhateiro, nunca entendi de escultor
Fechei de modo altruísta
Na colheita do trigo, motivado segador,
Depois guerrilheiro optimista,
Virando trabalhador estudante reflector
De bebidas balconista, idade de arrivista,
Coordenador de escritório, de empresário gravador
Ainda um salto… da feitura livros, epigrafista
De parasitas; exterminador
Secretário de Direcção, também na lista
Criação fazendo parte de cultor:
- Na Direcção de associações, altruísta
Sempre tendo em vista, o subscritor,
De editor livreiro promotor
Criador, editor e Director de Revista,
Titulou-se FRANQUIA, eu ainda seu inspector,
Freelancer eterno espiritualista,
Jurado de literatura, condutor
Jurado internacional, filatelista
Jornaleiro, jornalista,
Poeta escritor…
Enfim - solista…

Daniel Costa



terça-feira, 16 de maio de 2017

POEMA ANJO ILUMINISTA

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

ANJO ILUMINISTA
  
Anjo iluminista
Altruísta da tolerância,
Tolerância de artista,
Ainda que à distância
Forma de colunista
Doce fragrância
Anjo iluminista
Sentida ressonância
Jeito de filigranista
Humildade em abundância
Criatividade leccionista!...
Atenção de audiência
Anjo iluminista
Sorriso em cadência,
Cadência de organista
Brilho de incandescência,
Desejos de perfeccionista
Amor de inerência
Anjo iluminista

Daniel Costa


sábado, 13 de maio de 2017

POEMA SÉTIMO CÉU

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

SÉTIMO CÉU

Sétimo céu,
Sétimo dia
Sentimentos ao léu!...
Manto da Virgem Maria,
Paixão de véu!
Até à idolatria,
Sétimo céu,
Amo-a com magia
Imaginando Galileu,
Instinto de galhardia
Flor, de androceu
Vivência de concórdia,
Sétimo céu,
Música em rapsódia
Doce jubileu
Vitória da galhardia
Ela e eu
Formação de abadia,
Grandeza de museu
Eterna estadia
Sétimo céu

Daniel Costa





quarta-feira, 10 de maio de 2017

POEMA ARCANJO DAS DILIGÊNCIAS

Black + Statement Necklace:

ARCANJO DAS DILIGÊNCIAS

Arcanjo das diligências,
Curador de rectidão,
Preconizando transparências,
Para o mundo bênção!...
Em todas as incumbências
Ainda que, de grande amplidão
Em mundos de abrangências.
De enorme vastidão
Arcanjo das diligências
Acalentador de exactidão,
Em todas as referências
Estimulando a prontidão,
De merecidas deferências,
Desde que existam então,
Onde coexistem ciências,
Desamores de maldição,
Arcanjo das diligências
Roga pela contenção,
De esboços de maledicências,
Disfarçadas invejas, faltas de aptidão,
Arcanjo das diligências,
Rumo à união!...

Daniel Costa


sábado, 6 de maio de 2017

POEMA FLOR PEREGRINA

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

 FLOR PEREGRINA

Flor peregrina!...
Amor e integridade
Viajante de doutrina
Coral de afabilidade
Floricultura maestrina
Intensa atractividade,
Cantando… Divina… Trina…
Peregrinação de dignidade
Tonalidade de ocarina
Busca de co-eternidade
Flor peregrina!...
Florida, cristalinidade,
 Meca e Medina
Domina a liberdade,
A felicidade a domina,
Procurando a verdade
Como colombina,
Trilha a intensidade,
Revendo a sabatina
Flor peregrina!...

Daniel Costa


quinta-feira, 4 de maio de 2017

POEMA PRESSÃO MENTAL

I love this springtime outfit:

PRESSÃO MENTAL PERSECUTÓRIA

Pressão mental persecutória
Alma de corvo, sua negrura a rasar,
Esvoaça a pomba branca clama vitória
Verdadeira impertinência no ar,
Da alvorada ao entardecer da história
Insistentemente, a pomba arrulha a endeusar
O corvo, não desiste de aleivosia probatória,
Qual satã, infinitamente a ousar
Pressão mental persecutória
Estendal de negro a tentar bicar e amossar
Pomba branca… Esvoaça rogatória
Voa sem descanso a ensinar a valsar
Enormes tensões, mente doente, vexatória
Repetição, desinteressante, a processar
Esvoaça pomba branca, clama vitória
Com a tua alma angélica, deixa o corvo afastar
Pressão mental persecutória…
Desejo viver no mundo, sempre amar,
Construindo o céu na memória,
Onde dardeje e brilhe o azul do mar!...

Daniel Costa



segunda-feira, 1 de maio de 2017

POEMA AMADA AMANTE

Blusa:

AMADA AMANTE

Amada amante
Flor a desabrochar
Do poeta diamante
Cupido a flechar
Etéreo declarante
Doçura a amealhar
Amada amante
Alvura a se declarar
Amor transbordante
Ternura a se aninhar,
Aninhar flamejante!...
Coração a cintilar
Amada amante,
Alma deslumbrante
Amor de entalhar
Fervor borbulhante
Sensualidade a se espelhar
Amada amante
Prazer de partilhar
Poesia contagiante
Amada amante
Flor a desabrochar

Daniel Costa