terça-feira, 27 de dezembro de 2016

POEMA DAMA DE AMARELO

Foto de Daniel Costa.

DAMA DE AMARELO
 Sonhar com modelo,
 Na praia de Ipanema
Dama de amarelo
Terna, Inquieta, tema
Flor de jardim; revelo
Pedra angular, gema
Porte simples de zelo
Amor sem trema
Dama de amarelo
De Vinícius, patricinha
Poema singelo
Do meu coração rainha
Doçura de romã e caramelo
Abordagem de teorema
Dama de amarelo
Xangai, cinema
Prova de prelo
Doçura de diadema
Astro de desvelo
Sonho de dilema,
Dama de amarelo,
Na praia de Ipanema

Daniel Costa



quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

POEMA JAIR CAMPOS

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

JAIR CAMPOS

No altar dos tempos,
Dos antigos e factuais,
Jair Campos,
Casal Campos, ou Novais
Brilhantes como pirilampos
Conhecê-los foi demais,
Na Jampa, em grupos,
Na Jampa dos coqueirais
Livreiros de Minas,
Minas Gerais
Tratamento principesco,
Tratamento de ancestrais,
Proeminentes, evidentes
Nem menos, nem mais
Jair Campos,
E senhora Campos Novais

Daniel Costa

a) Jampa = nome carinhoso, que dão cidade de João Pessoa os seus naturais




quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

POEMA FLOR DE PEDESTAL ORIENTAL

Foto de Daniel Costa.

FLOR DE PEDESTAL ORIENTAL

Pesquisei no coqueiral 
Meditei no mar azul ouro
Flor de pedestal oriental,
Flor de folha de louro,
Feliz, atenta, experimental,
Terno ancoradouro,
Sorriso, nordestino, real,
Do amor tesouro
Flor de pedestal oriental,
Borboleta do futuro,
João Pessoa, arco artesanal,
Do paraÍbano vindouro,
Paraíso celestial,
Costa atlântica, talha de pelouro,
Flor de pedestal oriental,
Requintes de índia, de ancoradouro
Independente, fenomenal
Tez aloirada, louro duradouro
Amor de intimidade fraternal,
Amor imorredouro
Flor de pedestal oriental!...

Daniel Costa