A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

POEMA BRUMAS DA MEMÓRIA

tonalizante em luzes - Pesquisa Google

BRUMAS DA MEMÓRIA

Brumas da memória
Realizações presentes
Permanente história
Troféus reluzentes
Mediática alegoria
Ilustrando ambientes
Ilustração de magia
Memórias ardentes
Brumas da memória
Desejos cadentes
Recusa de glória
Acenos pertinentes
Procurando sabedoria
Sabedorias relevantes
Encantadora teoria
Transmissões clarividentes
Brumas da memória

Daniel Costa

5 comentários:

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Gostei destas "brumas da memória".
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

silvia de angelis disse...

Splendide e intense immagini in poesia
Un saluto,silvia

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Daniel! Passando para me deliciar com a leitura de mais uma das tuas belas criações.

Abraços,

Furtado

Célia Rangel disse...

Evidente as belezas dessa "brumas" poéticas! Um poema e muitas deduções!
Abraço.

Jaime Portela disse...

Mais um magnífico poema.
Com a marca "Daniel", inconfundível.
Bom fim de semana, caro amigo Daniel.
Abraço.