A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 6 de junho de 2018

POEMA A SAGA DO JULIÃO

Carrie Underwood


A SAGA DO JULIÃO

A saga do Julião
Aconteceu no século,
No século passado
No mundo, do outro,
Do outro lado
Nascia a alvorada
Julião aparecia,
Aparecia enfiado
Como que desconfiado,
De enxada e garrafão.
Só à noite regressava
Não queria saber de nada,
Apenas visitar,
Visitar a Eduarda

Mundo do outro,
Do outro lado,
Nascia a alvorada,
Só à noite regressava

A Eduarda visitava:
- Ó Eduarda serve-me,
Serve-me a canada,
Subia ao mocho
Bebia e rodopiava;
Cantarolava assim:
Dizem por aí que sou,
Que sou mocho,
Que sou frouxo,
Que nada…
 Más… línguas!…
Ó Eduarda serve,
Mais uma canada!...

Mundo do outro,
Do outro lado,
Nascia a alvorada,
Só à noite regressava

Daniel Costa


14 comentários:

Rejane Tazza disse...

Lindo e ritmado poema do Julião...Tantos há assim! abração, tudo de bom,chica

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema meu amigo.
Um abraço e continuação de boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

AMBAR disse...

Precioso poema y muy bella imagen.
Un abrazo.
Ambar

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Adorei o poema Daniel!
Sempre com palavras que nos agradam muito.
Bjs e obrigada pela visita.
Carmen Lúcia.

Bandys disse...

Ola Daniel,

Saudade.
Lindo poema.
Adorei

Beijos

silvia de angelis disse...

E'sempre un piacere leggere i tuoi meravigliosi versi
Un caro saluto,silvia

Daniela disse...

Maravilhoso!
=)

Encontrar respostas que o coração precisa.

Bjinhos

Jaime Portela disse...

Esse Julião sabia viver...
Magnífico poema, como sempre.
Bom fim de semana, caro Daniel.
Um abraço.

Lu Nogfer disse...

Uma bela inspiração Daniel. Parabéns como sempre.

Sei que estou ausente há um bom tempo da Blogosfera, mas passei para matar a saudade de lê-lo.

Terno abraço!

Mariazita disse...

Meu querido Daniel
Imprimiste a este lindo poema um ritmo enorme!
Quase se lê cantando...
E rodopiei com o Julião até ficar zonza :)
Gostei IMENSO!

RE: - Obrigada pela presença e pelas palavras de carinho.

Bom Fim-de-semana
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS


Amélia disse...

Maravilhoso poema! Gostei muito.
Bom fim de semana.

Maria Rodrigues disse...

Inspirado e belo poema.
Bom domingo e uma excelente semana.
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Graça Pires disse...

Um poema a fazer lembrar a toada dos antigos poemas. Gostei bastante.
Uma boa semana.
Um beijo.

A Nossa Travessa disse...

Meu caro Danielamigo

INFORMAÇÃO

Como deixei escrito no final do quarto texto da saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGÓLICO fiquei seriamente a pensar em terminar a sua publicação. Isto porque o primeiro episódio teve uma boa aceitação (52 comentários e correspondentes respostas), o segundo ficou-se pelos 20 e o terceiro ainda menos, 18…
O apelo para uma boa polémica só teve uma resposta. A da Nonamamiga.
Escuso de matutar mais no problema: fico-me por este último texto. Continuarei a escrever a saga mas para outra finalidade. Obrigado a todos os que me acompanharam e também a quem o não fez