A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

POEMA ESFUZIANTE E IMPERIAL BELEZA


A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e interiores

ESFUZIANTE E IMPERIAL BELEZA

Esfuziante e imperial beleza
Sol para a minha oração
Amor de excelsa realeza
Atraente pudor de devoção
Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração
Como em alcova de alteza
Elipse de amor e comoção,
Divindade… Oh firmeza!...

Sol da minha oração
Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração
Divindade… Oh firmeza!...

Manto de paixão e fidelidade,
Manto de sorridente paixão
Manto de terna bondade,
A que correspondo então
Acenando com amor e verdade,
Verdade de eterna devoção,
Beleza de potestade,
Que prendeu meu coração

Sol da minha oração
Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração
Divindade… Oh firmeza!...

Daniel Costa



9 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Belíssimo... Divino!! Boa tarde!!

Do amor ao infinito ...
Beijos e um excelente dia!


Ivone disse...

Lindo, como sempre a sua marca registrada é saber rimar como ninguém, isso sem falar do vocabulário rico! Parabéns!
Abraços meu amigo poeta inspirado!

Rejane Tazza disse...

Parabéns! Mais uma linda poesia,Daniel! abraços, tudo de bom,chica

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa tarde, querido amigo Daniel.
Belos versos, que construíram um rico poema,
você é um poeta com grandes virtudes, que garimpa as palavras para enaltecer sua poesia.
Belíssimo poema!
Abraço!

Daniel Costa disse...

Poema que pode ser usado em composição musical. telf. 135 932795115.
Daniel Costa

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Lindo amigo Daniel um belo poema de que gostei bastante.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

silvia de angelis disse...

Un canto poetico alla bellezza, molto apprezzato
Un saluto,silvia

Graça Pires disse...

"Brilho dourado de leveza
Marginando meu coração"...
Mais um poema muito romântico, meu Amigo.
Uma boa semana.
Um beijo.

Tais Luso disse...

Sua alma está a cantar, querido poeta, belíssimos versos!
Beijo, uma ótima semana.