A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 19 de abril de 2019

POEMA CÉ DE BONITAS ALAMEDAS


 

CÉU DE BONITAS ALAMEDAS 

Céu de bonitas alamedas
Passeios de gostos formais
Corações em altas labaredas,
Em ambientes sobrenaturais
Vislumbrando soldos… Moedas
Mantos de brocados colossais
Templos verdes, de sedas,
Atracções verdes, naturais
Tudo o que ao espírito acedas
Parecendo dados circunstanciais
Esses fios de seda de reservas
Configurando extractos banais,
 Divinos… Edens de quedas
Cânticos em coros divinais.

Daniel Costa

5 comentários:

Ivone disse...

Que lindo, já comentei lá no 'Face", aqui a reforçar a minha adm8ração!Mais parabéns!
Abraços apertados!

Cidália Ferreira disse...

Passando a fim de desejar uma Excelente Páscoa. Com muito amor. Paz. Harmonia. Confraternização. Compreensão, e que todos os sonhos se renovem. Que seja extensivo aos vossos familiares e amigos. Obrigada por estarem sempre comigo.
*
Para todos uma Santa Páscoa.
+
Que todos os nossos/ vossos sonhos se renovem

Beijos e Abraços

Pedro Luso disse...

"Céu de bonitas alamedas
Passeios de gostos formais
Corações em altas labaredas,
Em ambientes sobrenaturais
Vislumbrando soldos… Moedas"


Parabéns, caro Daniel, pelo belo poema!
Meus votos de uma Feliz Páscoa!
Grande abraço.

Tais Luso disse...

Muito lindo, amigo Daniel. show de poema! Grife Daniel!
Desejo a você e família uma feliz Páscoa!
Beijo

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

OLha Ela aqui!
Linda como seus versos Daniel.
Bjins
CatiahoAlc.