A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

terça-feira, 5 de novembro de 2019

POEMA AMOR GRAÇA QUE ESVOAÇA


 A imagem pode conter: Pescadora de Pérolas, a sorrir, em pé, flor e planta

AMOR GRAÇA QUE ESVOAÇA

Amor, graça que esvoaça
Mar calmo a se espraiar
Como quem, feliz abraça
Nas grandes noites de luar
Quando o amor é uma chalaça
 Hiperactivo, feliz a entrelaçar;
A força do amor se destaca,
O harmonioso céu virá a alcançar
Amor, graça que esvoaça,
Mar calmo a se espraiar,
Virtudes que no mundo traça
Como voo picado a ensaiar,
À ditosa harmonia se abalança,
Infinitamente a balbuciar;
Amor, graça que esvoaça;
Mar calmo a se espraiar.
Harmonia que o mundo adoça,
Mar calmo a se espraiar.

Daniel Costa


7 comentários:

chica disse...

Linda poesia e foto da Severa! Adorei! abraços, lindo dia! chica

Cidália Ferreira disse...

Poema brilhante!! Amei!

Beijo e um excelente dia!

silvia de angelis disse...

Particolare dolcezza, nella densitò del verso, in questa magnifica lirica, letta con immenso piacere.
Un caro saluto,silvia

Jaime Portela disse...

Mais um belo poema de amor.
Gostei imenso, parabéns pela inspiração.
Daniel, um bom fim de semana.
Abraço.

Pedro Luso disse...

Olá, Daniel!
Parabéns amigo Daniel pelo seu poema,
que se inicia com estes belos versos:

“Amor, graça que esvoaça
Mar calmo a se espraiar
Como quem, feliz abraça”

Um bom final de semana.
Um abraço.

Graça Pires disse...

"Amor, graça que esvoaça". Lindo este seu poema sobre o amor.
Uma boa semana.
Um beijo.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Lindo um belo poema amigo Daniel, gostei bastante e aproveito para desejar e uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros