segunda-feira, 22 de agosto de 2011

POEMA UMA MULHER - UMA JÓIA

                                         

                               

UMA MULHER - UMA JÓIA

Quando nasci já não havia tipóias
O seu tempo delas havia passado
O que jamais passaram de prazo foram as jóias
Sempre as mulheres foram flores
As jóias mulheres enfeitam o mundo
Compõem os jardins deste universo, são amores
E assim Vanuza, mulher com jeitos de altivez
Quem faz relações públicas sabe
Ser um instinto de sensatez 
Sensatez que me encanta
Será assim que Vanuza pode esconder timidez
Embora seja uma mulher interessante e sensual
Diz o que oberva e pensa
É grande amiga e um ser de mulher leal
Vanuza é mulher de família
Com grande sentimento espiritual
Sabe expôr sentimentos que tem na alma
Retêm-os e expõem-os como um ritual
A facilidade com que o faz
É simples, com fará um intectual
Inquestionavemente adoro essa mulher
De seu nome Vanuza, pouco vulgar
Que sabe estar, ser mulher sedutora
Sem deixar de saber andar no seu lugar
Vanuza é jóia colorida de vários matizes detentora
É como um diamante, pedra de safira
Deus a bendiga, jóia de rubi
É mulher interessante, musa que inspira
Vanuza uma mulher atraente, cuja amizade me sorri

Daniel Costa
MARA ABRANTES:

Uma grande artista carioca, que por certo  a minha grande e querida amiga Vanuza desconhecia.
Em jeito de regalo, é assim: depois de aos 16 anos ter ganho um concurso  na TV TUPI, "A HORA DOS CALOIROS", começou por actuar na "CANTINA DO CESAR",  do radiaslista César de Alencar. Actuou tasmbém no "ESTÚDIO DO TEO", onde conheceu  Tom Jobim. Daí foi para Rádio Nacional do Rio de Janeiro, levada pelo maestro Napoleão Tavares.
Na década de cincoenta, actou em várias rádios cariocas.
Em 1958 veio para Portugal actuar por três meses. Porém nunca mais regressou, fazendo neste país a sua brilhante carreira,
Creio ter sido a sua última canção, aliás de sucesso, a de que deixo link:
Que tal o Brasileirão querida Vanuza?

D. C.




19 comentários:

Marta disse...

Como sempre, uma bela homenagem, Daniel...
Adorei...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Vanuza Pantaleão disse...

Meu amigoooooo,
Você assim me deixa até encabulada! Ai, meu Deus, estou até ruborizada!

Daniel, a jóia, o diamante maior é aquele cinzelado pela Amizade e o Respeito entre as pessoas. E nossa família aqui, meu brasileirão querido, te adora de montão. Guilherme e Rodrigo, sem dúvida, logo mais estarão aqui para ler sobre essa 'Vanuza' a qual descreves com tanto esmero e carinho.

Nossa, e as fotos?!
Não é que soubeste escolhê-las, embora eu seja tão feia?[risos]

ADOREI!!!
TE AGRADEÇO DE CORAÇÃO!!!
Beijos nesse seu generoso coração...

Vanuza Pantaleão disse...

Vou copiar tudinho para colocar numa pasta especial onde também há outro Poema que me dedicaste, lembra?
Nem sei mais o que falar...
Só agradecer...

Vanuza Pantaleão disse...

Mara Abrantes, é claro que tenho uma certa recordação dessa artista, Daniel. Na década de 50, embora eu fosse muito menina, minha mãe não desgrudava da Rádio Nacional e ouvíamos todos os seus programas e musicais. Mamãe era uma fã da Emilinha doente, rsrs. Bons tempos! Bons tempos!
Que surpresa você gosta de nos reservar, hein?
Olha, os meninos (meu maridinho e o filhote) já estão chegando em casa e virão direto aqui, tá?
Beijinhos chegando até você e na nossa Lisboa querida...

Guilherme Pantaleão disse...

Olá Daniel! Obrigado pela homenagem à minha mãe! Um abraço do Guilherme!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Daniel! Visitando os amigos a quem eu tenho a ousadia de seguir, aqui me deparo com esta maravilhosa homenagem que prestas à nossa amiga Vanuza que, com certeza, fez por onde merecer. Belo e profundo poema amigo.

Aproveito a oportunidade para te comunicar a criação do nosso novo espaço: “Literatura & Companhia Ilimitada” http://literaturacompanhiailimitada.blogspot.com/ , (ainda em formação, mas, já com as primeiras postagens) criado com o objetivo de ampliar a divulgação da História da Literatura Mundial e de tudo aquilo que venha contribuir para o crescimento cultural daqueles que o desejarem, assim como, acrescentar mais uma fonte de pesquisas.

Ficaríamos muito felizes e agradecidos de poder contar com a tua visita e, se possível, sermos agraciados com a tua opinião/sugestão, pois, a continuidade ou a solução de continuidade do mesmo dependerá do parecer daqueles que por lá passarem honrando-nos com a visita.

Abraços, ótima semana e que DEUS nos abençoe.

Furtado.

Marcia disse...

Lindo post.belissima amiga parabéns!boa semana!

Vanuza Pantaleão disse...

Meu amigo Daniel,boa noite!
Eu sou o Rodrigo, o marido da Vanuza.
Homengem singela e sensível para uma incrível mulher!
Um grande abraço!

Everson Russo disse...

Mulheres são a verdadeira essência do amor,,,de tudo que é paz,,,poesia escrita pela alma,,,desejos e sonhos possíveis...belíssimo poema meu amigo...abraços fraternos de bom dia pra ti ...

lita duarte disse...

A primeira vez em que vi Vanuza pensei: Aí está uma mulher de personalidade forte e marcante. Vanuza significa esperança, penso que ela faz jus ao nome.
É uma pessoa antenada com seu tempo.
Acho que temos algumas coisas em comum: amamos a Natureza e não gostamos de injustiças, além de termos o V de vitória em nossos nomes, hehehehehehe. Lita, na verdade Valenita.:)
Poderia dizer muito mais dessa pessoa querida e amada, mas fico por aqui.

Bela homenagem, Daniel... Valeu!!:)

Beijos para ambos.

DADI SILVEIRA disse...

Uma bela homenagem.

Bjs

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços fraternos...

Desnuda disse...

Querido amigo Daniel,


Nossa amiga Vanuza, que adoramos,é mesmo muito bem descrita nos seus bons, belos e sadios valores em versos.

Beijos com carinho aos amigos Van e Daniel!

Maria selma disse...

Oi amigo poeta Daniel parabéns pela linda homenagem a amiga Vanuza,
beijo amigo,

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...paz e poesia sempre...abraços fraternos.

MARILENE disse...

Voê coloca as mulheres em um patamar de honra e muito as dignifica. Sabe escolher suas homageadas com apurado requinte.
E esse é um corportamento belo, de um espirito iluminado.
Parabéns pelas palavras e pelas amizades conquistadas.

(Fiquei muito feliz com seu comentário em meu blog, pois deduziu tudo que realmente quis transmitir. Obrigada.)

Bjs.

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Drika disse...

Olá meu amigo... cá estou eu =) Esta nossa amiga Vanuza, que carinhosamente chamo de Van, é uma jóia preciosa mesmo... tenho uma grande admiração e carinho por ela. Tudo o que você aí escreveu é verdade... Van é uma grande mulher!

Deus abençoe você e a Van... sdds!!!
Bjo no coração!

Pensador disse...

De fato. São joias a colorir e dar sentido à nossa vida.
Dizem que onde estiver nosso tesouro, lá estará nosso coração. Definitivamente, meu tesouro é a minha Loba.
Abraços, Daniel!