A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

POEMA SILÊNCIO

                          
                             

                                


SILÊNCIO

Acontecem factos que  fazem abalar o mundo
Motivos maus, cruéis como punhais
Que merecem silêncio profundo
Chocam pôem o nosso silêncio a falar alto
Noutros casos  mais naturais
Escrever, por exemplo, é um acto de silêncio
Neste caso há mais
Dois escritores, Severa Cabral e Daniel Costa
Encontraram-se a falar de casos banais
Ela com o seu atraente e permanente sorriso
De repente com ele a continuar
Ele apresentando mais siso
Fez-se, talvez, propositado silêncio
É que o silêncio pode ser muito eloqente
No mundo do juizo
Num mundo onde pode ser frequene
No mundo dos escritores
Escrever é um acto de isolamento latente
É no ameio do silêncio
Que nos imaginamos a discursar para uma plateia de gente
Tentamos escrever o que essas pessoas:
O que essas pessoa:s gostariam de ouvir  ocorre  na mente
Por fim temos de equacionar e pensar
Silêncio e tanta gente
Severa Cabral se preocupará com este desiderato
Pelo que escreve, como  ilustra
Comigo como escritor e poeta, dá-se o facto

Daniel Costa



13 comentários:

lita duarte disse...

Às vezes precisamos ficar em silêncio, pois o silêncio é sábio.

Bom dia, Daniel.

Bjos.

Desnuda disse...

Bom dia Daniel,

Concordo com a amiga Lita, Daniel! Por vezes o silêncio tem grande eloquência.



Beijos com carinho

MARILENE disse...

No silêncio ouvimos melhor nossa voz interior, que nem sempre vale a pena partilhar.
Você anda sumido, realmente.

Grande beijo

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo alvorecer querido amigo!
Não tinha entendido que o post de hj eu estava presente,foi realmente construido dentro do maior silêncio,kkkkkkkkkkkk
Mas dentro desse silêncio eu me encontar,fico mais silenciosa ainda.Mas deixa a musica quebrar esse silêncio...

Silêncio e Tanta Gente

Às vezes é no meio do silêncio
Que descubro o amor em teu olhar
É uma pedra
É um grito
Que nasce em qualquer lugar
Às vezes é no meio de tanta gente
Que descubro afinal aquilo que sou
Sou um grito
Ou sou uma pedra
De um altar aonde não estou
Às vezes sou o tempo que tarda em passar
E aquilo em que ninguém quer acreditar
Às vezes sou também
Um sim alegre
Ou um triste não
E troco a minha vida por um dia de ilusão
E troco a minha vida por um dia de ilusão
Às vezes é no meio do silêncio
Que descubro as palavras por dizer
É uma pedra
Ou é um grito
De um amor por acontecer
Às vezes é no meio de tanta gente
Que descubro afinal p'ra onde vou
E esta pedra
E este grito
São a história d'aquilo que sou
Às vezes sou o tempo que tarda em passar
E aquilo em que ninguém quer acreditar
Às vezes sou também
Um sim alegre
Ou um triste não
E troco a minha vida por um dia de ilusão
E troco a minha vida por um dia de ilusão
Às vezes sou o tempo que tarda em passar
E aquilo em que ninguém quer acreditar
Às vezes sou também
Um sim alegre
Ou um triste não
E troco a minha vida por um dia de ilusão
E troco a minha vida por um dia de ilusão

DADI SILVEIRA disse...

O silêncio é bom.

Bjss

Marta disse...

O silêncio ajuda a pensar, a escrever, a pintar cores nas nuvens....
A ouvir o silêncio do nosso próprio corpo...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Sonhadora disse...

Minha querida

Passando para agradecer o carinho de sempre e oferecer uma fatia de bolo do meu aniversário...embora virtual é de coração.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Daniel Costa disse...

Rosa Sonhadora

Dás-me o e ensejo de te apresentar parabéns muito sinceros!
Passei, mas este PC, como em varios, não dá entrada nos comentários. Tenho outro no técnico com vírus, como este esteve.
Acredita que fiquei com pena.
Beijos e parabéns

Jacque disse...

Tenho dois cartões para ti, no Blog: SELINHOS PRESENTES.
http://selinhospresentes-jacque.blogspot.com/


Beijo

Everson Russo disse...

Uma bela homenagem a nossa querida amiga Severa...meu amigo, um belo dia pra ti,,paz e muita poesia...abraços fraternos.

Evanir disse...

Hoje estou aqui para agradecer sua amizade .
E desejar um Santo Natal a você e sua familia preciso acarinhar minhas lindas
amizades fico temerosa de deixar alguém sem passar no blog.
Esta postado no meu blog um presente de Natal feito com muito carinho.
Caso gostar esta a seu dispor e louvo a Deus pelo previlégio de conhecer você.
Que perdure para sempre esse carinho essa amizade tão linda te amo ..te amo..
Beijos no coração .
FELIZ NATAL..
Vou continuar te seguindo e te amando sempre.
De mãos dadas rumo ao futuro.
Querido ficou lindo sua foto junto com a Severa é nesses momentos que vejo a Viagem veio fazer a diferença entre muitos blogueiros.
Na verdade ver tudo isso me deixa feliz só tenho que agradecer a Deus por tanta união e felicidade.
Espero que seus computadores de uma folga para você é triste a gente ficar sem nosso companheiro que nos leva a viajar pelo mundo.
Beijos amigo querido.
Evanir
PS..Quero ver meu presente no seu blog .

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Pensador disse...

Daniel,
Desejo a você um maravilhoso natal, e um 2012 de muitas alegrias e felicidades. E que possa continuar nos presenteando com seus maravilhosos poemas...
Abraços!