quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

POEMA AMOR, VERDADE E LEALDADE


AMOR, VERDADE E LEALDADE

“Tudo isto existe
Tudo isto é triste
Tudo isto é fado”
Assim cantou a diva Amália Rodrigues
Num fado que deu brado
No entanto o fado também evoca o amor
Amor, verdade e lealdade devem acompanhar
Acompanhar com ardor
Para que não seja pecado amar
Sempre se verificar esse penhor
Se nos sentimos correspondidos, jamais estaremos sós
Amar de verdade, nunca pode ser apenas
A uma voz
Aliás podem ser duas almas
Num entendimento permanente sempre a uma só voz
Que não se vacile um momento de atapetar os caminhos de palmas
Esconder verdades sempre será
Desviar da eternidade duas almas
Que devem caminhar juntas
Caminhos de verdade e lealdade
Como pedras preciosas, reluzentes
Dando exemplos de sinceridade
Sem verdade não há amor que resista
Sempre será mais salutar partir
Deixar em aberto as réstias de amizade
Novos caminhos virão para novos rumos seguir
Que não de percam almas por talvez ocultarem insanidade
Que poderão, sem entender. ocultar
Ser humano é não pensar em maldade
É tentar usar
Sã mentalidade, é viver pensamentos de verdade
Será equacionar um mundo
De amor e felicidade

Daniel costa

16 comentários:

lita duarte disse...

Que beleza!!:)

Bjos.

Marta disse...

Que nunca se deixe de amar e cantar com paixão....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Simone MartinS2 disse...

Boa noite..."tudo isso é fado de fato é vero, sincero, mas a cada novo amaor, escreve-se outra poesia, melodia de musica com cheiro e tom de paixão..tudo se renova e o peito inflamado, canta tuas cantigas em forma de Fado!"
Descule-me mas nao me contive e interagi com teu poema...abraços...ah, obrigada por tua visita gentil!

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

A vida é um fado...umas vezes alegre e outras triste.
Como sempre um poema maravilhoso.


Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite querido amigo!
AMOR, VERDADE E LEALDADE
tudo isso existe para nos mostrar que não podemos perder e nem deixar o vento levar nossa essência que é à amizade...
Poema tão lindo,que se deixares me deleito para comungar das tuas palavras...
bjs meu querido para te aquecer !

Everson Russo disse...

Para que o amor prevaleça...verdade e lealdade tem que andar de mãos dadas...abraços fraternos de bom final de semana ...

Pensador disse...

Um belo poema, e um sábio conselho, Daniel!
Abraços!

Desnuda disse...

Querido amigo,

Seus poemas são lindos, ricos em conteúdo e sempre com uma bela reflexão.


Beijos com carinho

Maria disse...

Querido amigo simplesmente maravilhoso este post o fado e a sua poesia numa sublime simbiose. Adoro este fado, ouço muitas vezes enquanto estou a conduzir. Hoje vim também para agradecer o seu carinho por ter comemorado comigo o aniversário do meu marido, deixando a sua preciosa mensagem.
“Se planta uma semente de amizade, recolherá um ramo de felicidade (Lois L. Kaufman)”
Muito obrigado pela sua gentileza e amizade, um grande beijinho.
Maria

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Jacque disse...

Lindo Poema, Daniel ! Bom Fim de Semana...

Magia da Inês disse...

º°♥❤ Olá, amigo!
❤ Amei a poesia!
º°❤ Boa semana!
❤Beijinhos.
º°❤Brasil

Everson Russo disse...

Uma bela semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Bandys disse...

Tão lindo Daniel.

Beijos

Everson Russo disse...

Uma semana repleta de paz e poesia pra ti meu amigo...abraços fraternos...

Mariazita disse...

Bom dia, Daniel
Sabes como o meu tempo, agora, é contado ao segundo.
Portanto, não entrarei em grandes considerações, até porque ainda vou visitar o OLAVO :)
O teu poema tem a qualidade habitual, ou seja, MUITO BOM.
A Amália... é e será sempre a Diva do Fado, por muito boas fadistas que apareçam... e que as há, sem dúvida.
Até já...
Beijinhos