quarta-feira, 7 de novembro de 2012

POEMA AMOR DELIRANTE

 
 

AMOR DELIRANTE

O sonho pode ser brilhante
É diamante a lapidar,
Amor delirante
O sonho será modo de vivificar
Amor tonificante
Minha ternura de sonhar
Olhar faiscante
Em pouco me via alado a voar
A parecer um trovante
Outra galáxia a alcançar
Sentia um amor tonificante
Uma galera para me transportar
Parelha de cavalos de raça brilhante
Me levavam a esvoaçar
Para num areal a jusante
Ou seria areal do mar?
Areia de arvoredo exuberante
Junto bonita mulher, amor a marcar
Aconteceu naquele instante
Me perguntei: como a amar?
Amor santificante
 A defender-se do calor solar
A mulher exibia chapéu em garridice brilhante
Amor no ar
Cavaleiro andante
Sonho a findar
Anjo viandante
A meu lado, para ma doar
A mulher, que sonhara diamante
Eu a trovar
Voz amenizante
Preceito de amar
Amor delirante

Daniel Costa



11 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Amigo Daniel !!!!!
No delírio do amor abre-se todas as fronteiras;voa-se ao infinito,atravessa-se o mar,suplanta-se e vence os obstáculos,muitas vezes explode feito vulcão,tem o sabor de mistérios.
Para falar a verdade meu amigo.Você coloca um sorriso nos lábios de quem ler esse poema,por ser intenso e ter todo o sabor de quem ama.Fico a pensar ;será poema ou soneto homenageando ao amor.Será dois delirantes no amor?
Há!!!!! Ia esquecendo.Amei as fotos,parece-me o delírio de uma pintura em tela.Parabéns pela escolha.
Quanto o vídeo arrasou,a música tocada ao som da leitura deixa tudo delirante...
Abç

Fernanda Oliveira disse...

Amor delirante, amor fascinante...
Amigo Daniel, seu poema como sempre me fascinou. E a música? Huum boa escolha, para a ocasião. Beijos! Fernanda Oliveira

edumanes disse...

Esse amor delirante
Onde é que ele está
Numa mulher elegante
Essa mulher Severa será!

Diamante por lapidar
Lapidado precisa ser
Para mais poder brilhar
Quando é que irá acontecer?

Já aconteceu penso eu
Lapidado brilhante está
Com Severa Cabral nasceu
Com ela lapidado continuará!

Cavaleiro andante
No cavalo montado
Com mulher elegante
Diamante lapidado!

Boa quarta-feira para você,
amigo Daniel Costa
De mulher bonita
Todo o homem gosta!

Um abraço
Eduardo.



Everson Russo disse...

E os delírios de amar e se sentir amado,,,de versejar o mais perfeito dos sentimentos...abraços fraternos e uma bela noite pra ti amigo...

Anne Lieri disse...

Daniel,fabuloso amor delirante,que tira o sono,o sossego e faz transbordar as emoções!Lindo de viver!Bjs a vc e Severa!

Bandys disse...

Lindo esse amor delirante..é de ler e reler.

Beijos Daniel

Everson Russo disse...

Uma bela noite pra ti meu amigo e excelente sexta feira...abraços fraternos...

ELAINE disse...

Amigo Daniel! O amor nos faz voar na terra e nos aproxima do céu... Poesia linda e muito bem inspirada! Obrigada pelo carinho! Não tenho conseguido visitar a todos como gostaria.....
Um abençoado e feliz fim de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos...

Vivian disse...

...Daniel poeta querido,

nada melhor que uma exuberante
musa inspiradora para um
poema de amor tão lindo!

tão lindo é isso quando o
amor atravessa fronteiras
e se faz sentir nas
palavras de um poeta!

bjs à vc, poeta do amor,
e à Severa, linda flor
brasileira do serrado
nordestino!

Vivi

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti meu amigo,,,abraços fraternos..