A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

POEMA ANJO DA TERNURA

Foto de Daniel Costa.

ANJO DA TERNURA

Verdadeira iluminura
Contornos de realeza
Anjo da ternura,
Ternura de firmeza
Carinho de advocatura
Sorriso de lhaneza
Demostrando aura
Fervor de gentileza
Anjo da ternura
Primavera de rareza
Flor de candura
Ideais de pureza
Olhar de abertura
Símbolo de gentileza
Anjo da ternura
Olhar de singeleza
Planta de agrimensura
 Ardor de subtileza
Doce alvura
Fresco da natureza
Anjo da ternura
Contornos de realeza

Daniel Costa




4 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Um anjo de amor e poesia.
Lindo poema.
Meu amigo desejo-lhe um bom Ano.
Beijinhos
Maria

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido amigo, Daniel,
belíssimo poema, cada palavra dedicada com carinho, que transmite amor, afeto, sensibilidade, amizade . Lindíssimo seu poema, como os demais.
Feliz 2017, grande abraço!

AMBAR disse...

Muy bellas letras le dedicas a la dama de amarillo.
Tedeseo lo mejor que la vida te pueda ofrecer para este 2017.
Un abrazo.
Ambar

Vera Lúcia disse...


Que lindo, Daniel!
Seus poemas são muito originais e personalíssimos.
A amiga Severa é um encanto e ilustra muito bem o seu inspirado poema.

Abraço.