domingo, 9 de abril de 2017

POEMA ODE À PRIMAVERA II

Foto de Daniel Cordeiro Costa.
Foto de Daniel Cordeiro Costa.

ODE À PRIMAVERA II

Ode à Primavera
Campos verdejantes
Flores na esfera
Verduras exuberantes
Coração que se esmera
Corações brilhantes
Ode à Primavera
Campos verdes ondulantes
Certeza sincera
Fortunas avassalantes
Fortuna de fé que impera
Olores frescos, tonificantes
Ode à Primavera
Trauteares galantes
Paciência de brilho na espera
Dardejar de brilhos constantes
Galante, o amor lidera
Amores felizes congratulantes
Ode à Primavera
Corações de amores transbordantes
Ode à Primavera!...

Daniel Costa



5 comentários:

✿ chica disse...

Maravilhosa saudação à primavera em poesia e a flor Severa linda sempre ,enfeitando por aqui! abração aos dois,chica

AMBAR disse...

Gracias por estas maravillosas letras dedicadas a la linda primavera, preciosas tus fotos, guapa dama de brillantes colores.
Una buena semana y un abrazo.
Ambar

Graça Pires disse...

A sua Ode à Primavera levou-me a outra, de Miguel Torga: "A vida anda possessa de Poesia! Anda prenha de mosto! Ou é da luz do dia, ou é da cor do rosto, ou então quer abrir-se neste gosto de pão com todo o sal que lhe cabia!...
Uma boa semana.
Um beijo.

Ana Bailune disse...

Primavera por aí, outono por aqui...
Belo poema, Ode à Primavera, Daniel.
Feliz Páscoa!

alegriadeviver.blogspot.com.br disse...

Olá Daniel, quanto tempo eu não vinha lhe visitar, e hoje vim desejar-lhe uma abençoada Páscoa.

Um belo e masgistral poema, eis a estação que vira e revira alma dos poetas.
Aplausos todos!

Saudações.