A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

POEMA OVERDOSE DE AMOR




OVERDOSE DE AMOR

Amar deve ser viver com fervor
Haverá permanente e amoroso sentimento
Overdose de amor
Sonhava, estava noutra dimensão
Sentia-me elevar no ar com ardor
 Fora alado para a ocasião
Pelo meu angélico monitor
Alazões me conduziam com visão
Noutra galáxia com perícia e pundonor
Rebocavam moderno trem, me apanharam de antemão
No espaço voava, procurando o luzidio amor
Fixaram uma sacada, ali estava uma bela mulher e ele à mão
Sua serenidade era como a de uma flor
A sabedoria, parecia ser seu pendão
Mulher flor, mulher serena de amor
Mirou-me com muita atenção
O meu anjo protector
Então voou, da mulher ficou fixação
Numa prece ao Senhor
Meditativa mas de curta duração
Aconteceu overdose de amor
Ficou tonificado meu coração
Overdose de amor!....

Daniel Costa




14 comentários:

Everson Russo disse...

Que amar seja sempre assim,,,intenso,,,sem fim,,,louco,,,sem destino....abraços fraternos de uma bela semana pra ti,,,

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu amigo Daniel!!!!
Vc sempre nos brinda com um poema que fala de amor...o amor que veem de várias formas e de grandes dimensões.Hoje ele veio em overdose ,aiaiaaiaiaiaiai,queria muito um amor assim,onde numa overdose me sentisse muito dentro desse amor.
Poema mágico e de grande sensibilidade...vejo que essa é a overdose que alimenta o poeta ...
Abç

Evanir disse...

Bom Dia Amigo Poeta.
Não poderia deixar de passar no seu blog nessa segunda.
Vi muito feliz meu livro entre os seus grande é sua amizade por mim.
Meu amigo acredite tenho um grande carinho por você e acima de tudo respeito pelo amigo e poeta.
Amigo desculpa a ausência estou vivendo uns dias um pouco difícil.
Seus poema é lindo como todos que já li és grande amigo.
Linda semana beijos,Evanir.

Anne Lieri disse...

Daniel,muito linda e delicada poesia de amor!Imagens bonitas da Severa tb!Bjs e boa semana!

Carla Fernanda disse...

A Severa mesmo é uma overdose de amor Daniel.
inha amiga merece.
Belo poema Danel!!

Bjos e boa semana!

Bandys disse...

dsOla Daniell,

O amor tem que vir como uma over dose mesmo.

Lindo poema!
Adoro falar de amor.
(vc ja me conhece, rs)

Beijos meu amigo

Everson Russo disse...

Um dia de paz e poesias pra ti meu amigo...abraços fraternos...

Marta disse...

O amor não tem fim...
Apenas se vive....
Beijos e abraços
Marta

MARILENE disse...

Essa overdose é benigna e faz um bem enorme ao coração. A presença da Severa tem luz. Bjs.

Ivana disse...

Daniel,
A Severa sempre lhe traz boas inspirações, não podia ser diferente vindo de uma pessoa tão querida. Uma overdose de amor faz bem para o corpo e para a alma, muito belo. Obrigada pelas suas visitas sempre tão queridas, um grande abraço!

edumanes disse...

Imaginei em alto mar
Nevoeiro haver
De viagem num veleiro estar
Severa Cabral um romance e escrever
Em overdose de amor não pensar
Ela sete ofícios ter
Escritora romancista
Na arte modista ser
Simpática amizades conquista!
De Daniel Costa linda homenagem
A Severa Cabral que imaginei andar
em alto mar num veleiro em viagem!

Boa para amigo Daniel Costa.
Um abraço.
Para Severa um beijo
Eduardo.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

A nossa querida Severa é uma inspiração sempre e os poemas que escreve inspirado nela ficam maravilhosos.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

ELAINE disse...

Parabéns ao poeta e a sua musa inspiradora! Ficou lida a poesia! Uma iluminada semana!
Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços fraternos.