A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 13 de março de 2013

POEMA AMOR GINGÃO


AMOR GINGÃO

Tal como um rufião
Num sonho, vivenciei
Amor gingão
Mais pesadelo, padronizei!
Me pareceu estar na vastidão,
Num caos, ironizei!
Agora eu era rufião,
Me orientar porfiei,
Me sentia fadistão
Desejava moderação, equacionei!
Quando senti a doçura de uma mão,
Mão leve e suave: do anjo, imaginei!
Possível bênção!
Contentamento foi o que revelei,
Quando me senti bodião,
Daqueles que pesquei,
Eis que me senti num hidroavião
Nas águas planei
Voava num seu vagão,
Numa rapidez, que nunca contei
Rumava a outra galáxia, a uma nova região
Outra esfera, uma ideia que afaguei,
 Tanto queria, o amor de outra dimensão!
Onde a luz e as flores desejei,
Afastar o amor gingão,
Como um dia projectei!
Seria a ocasião?
Ocasião de amar que vaticinei!
 Me fui sentindo voar no mesmo furgão
Entre galáxias voei
Parei junto a festa, antevi um faustão
Flores, muitas flores: confirmei!
Brilhava a luz, no grande salão!
Sempre afirmarei!
Entre elas, o mais lindo florão!
Linda mulher eu admirei,
Trocámos olhares e por ela me apaixonei
Fiquei prisioneiro da comoção,
Quando o sonho, se esfumou, anotei!
Foi como um sonho de Verão,
O anjo, ora insólito, avistei
Me apontou a mulher “peixão”,
A mulher que no sonho amei,
Estava ali a mansidão!
O amor que preconizei!
A apagar o meu estatuto de gingão,
Chegara o verdadeiro amor que cismei
Amor gingão
Soletrei e apagueI
A dar lugar a novo amor, a nova visão!

Daniel Costa









11 comentários:

ELAINE disse...

Querido amigo! Quanto tempo!... Como estás? Parabéns pela bela poesia! Muito obrigada pelo carinho! Perdão pela ausência.... Estive afastada do blog por motivos/problemas pessoais e estou retornando esta semana.... Tem post novo!
Uma abençoada semana!
Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Vera Lúcia disse...


Olá Daniel,

Que chique está a Severa!
Gostei do poema bem ritmado e com rimas ao mesmo tempo divertidas e também encantadoras.

A música é linda.

Abraço.

Gracita disse...

Oi meu amigo querido!
Um belo jogo de rimas.
Tua soberba literária é impressionante. Adorei te ler.
Beijinhos da amiga Gracita

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite amigo Daniel !
E nesse gingado fizeste um amor rimado,um fadista gigante que mesmo sem ser por água virou um bodião(peixe)mas ultrapassou a Galáxia e numa outra dimensão exaltou o amor até se sentir prisioneiro desse grande amor,até o sonho acabar e ver-se vivendo um novo amor,em pleno verão...
E nesse gingão vc soube dar e transformar esse poema do sonho de um grande amor,uma nova visão e quem sabe?Uma nova paixão!
Abç amigo !!!!!!

Marta Vinhais disse...

E falamos sempre de amor...
Gostei muito..
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Vanuza Pantaleão disse...

Um novo amor sempre dá lugar a uma nova visão. Taí, gostei do amor gingão!
Beijinhos em dose dupla aos pombinhos!!!

Anne Lieri disse...

Daniel,mas que preciosa essa poesia!Vc se supera a cada vez!A Severa está maravilhosa nessas fotos!Bjs aos dois,

edumanes disse...

Poema Amor Gingão
Tem toda a razão de ser
Com uma flor na mão
Sonhei Severa Cabral ver!

Daniel Costa, o seu autor
Com muita imaginação
E palavras de grande valor
Escreveu, Poema Amor Gingão!

Na vespera da comemoração
Do dia da poesia
Com inteligente inspiração
O citado poema escrevia!

Andam por aí rufiões
À caça de oportunidade
Só pensam nos milhões
Tentando distruir a liberdade!

Se sentiu num hidrovião
Sobre as nuvens a voar
De repente viu um clarão
Era o sol a brilhar!

Amiga Daniel Costa
Gostei de ler o seu poema
Na areia dei uma cambalhota
Já estou fufindo ao tema!

Boa noite, um beijo para Severa Cabral,
um abraço para o amiga Daniel Costa.
Eduardo

Mariazita disse...

Meu caro Daniel
O que o Amor faz!
Transporta os "amantes" (aqueles que amam) para outras galáxias, e até os faz sentirem-se peixinhos :)
O Amor é maravilhoso, não é mesmo?

A tua poesia está cada vez mais elaborada, com mais detalhes de pormenor, o que só a valoriza.

As fotos estão lindas, e a musa inspiradora - Severa - deslumbrante!

Parabéns aos dois.

Um óptimo fim-de-semana.
Beijinhos muito amigos

MARILENE disse...

O amor especial prevalece e deixa para trás tudo que não lhe convém.
Mais uma vez, você canta o amor, enaltecendo-o como merece. Bjs.

Severa Cabral(escritora) disse...

AMIGO DANIEL !!!!
VINDO MAIS UMA VEZ LER ESTE AMOR GINGÃO,APROVEITEI PARA OUVIR ESSA LINDA CANÇÃO DO CHICO BUARQUE,INTERPRETADA POR OSWALDO MONTENEGRO.DE TÃO LINDA ESSA CANÇÃO COM O SEU SOM QUE AFAGA UM CORAÇÃO GINGÃO QUE NOS FAZ SENTIR DENTRO DA DELICADEZA DO AMOR...
UMA GRANDE ESCOLHA E UMA GRANDE ACERTADA NESTE VÍDEO PARA CONTRACENAR COM O SEU LINDO POEMA...
BJS !!!!!