sábado, 23 de março de 2013

POEMA SERENIDADE



SERENIDADE


Passou a tempestade
A que o optimismo confere boa aragem
A dar lugar à serenidade,
De esperar nova viagem
Sempre na senda da verdade
É preciso estar fora da voragem
Deixar a compassividade
Ainda que, difícil usar bagagem,
Agir com mental agilidade
Carregar a fundo na embraiagem
Acabar com a aparente passividade
Quando é necessário usar triagem
Certa comicidade,
Poderá desfazer uma imagem
Ficando em causa a credibilidade
De eterna rodagem
De não menos eterna alacridade,
Perdoar aos que mal agem
Quantas vezes por egocentrismo, ansiedade,
Pensamento centrado noutra reciclagem
Redundante deslealdade,
Desenfreada voragem
Enfrentado a autenticidade
Levedando a derrapagem
Bendita serenidade
Eterna coragem:
- Eis o valor da azougada serenidade! 

Daniel Costa

 



10 comentários:

MARILENE disse...

Conseguir alcançar a serenidade é uma bênção. Com ela enfrentamos nossos desafios de forma mais amena. Bjs.

José María Souza Costa disse...

Olá.

Encontrando o equlibrio, a paz, a harmonia...e, assim entramos na estrada da felicidade. Permanecer nela, requer outros tantos desafios.
desejo-te, um dia de domingo Harmonioso.
Abraços, do Brasil.

Severa Cabral(escritora) disse...

BELO DIA DE DOMINGO AMIGO QUERIDO !
JÁ LI AIGÚM TEMPO ALGO SOBRE A SERENIDADE QUE DIZIA ASSIM.
Oração da serenidade:
"Concedei-me Senhor a serenidade necessária para aceitar as coisas que eu não posso modificar. Coragem para modificar as que eu posso. Sabedoria para distinguir uma das outras."
ENTÃO MUITAS VEZES NOS FAZEMOS DE SERENOS PARA VALORIZAR E DEMONSTRAR AOS QUE NOS CERCAM QUE ESTAMOS CONCRETOS NA VIDA,MAS É SEMPRE PARA ENGANAR AS NÓS MESMOS...
LITERALMENTE SEU POEMA ESTÁ LINDO...
BJS DE DIA DE DOMINGO !

Imaculada disse...

Bela poesia!
Amei te ler. Como precisamos de serenidade, para nossas decisões do dia a dia!
Abraços! Uma semana abençoada e feliz para ti.

Bandys disse...

Sabios são o que conquistam a serenidade.

belo poema

Beijos

Atelier Lita Duarte disse...

Serenidade. Essa palavra é suave.:)

O nosso espírito precisa de serenidade... paz.

Bjs.

Tunin disse...

Com serenidade, ultrapassamos todas as nossas barreiras, meu poeta. Tu sabes dizer e tem pra dizer. Excelente!
Abração.

ELAINE disse...

Querido amigo Daniel! É sempre um prazer, meu amigo, vir aqui e desfrutar de uma leitura tão envolvente! Obrigada pelos comentários sempre tão gentis,
e pelo carinho!Uma abençoada e feliz Páscoa!
Carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Evanir disse...

Meu amigo querido foi com alegria ,
que li seu comentário no meu blog exatamente agora.
Feliz em poder ler e ver as poesias ,
e de uma ilustração maravilhosa como esta linda: E ricamente apresentada pela madrinha Severa .
Meu amigo , eu infelizmente faz uns dias que estou ausente .
A vida nem sempre é como a gente quer ,mais segundo a vontade de Deus.
Meu afastamento se deu a problemas
já bem conhecido por você meu amigo
, mais acredito o pior já passou estou aqui matando saudade desse espaço divino do qual me orgulho de ser sua amiga.
Obrigada por ter metade do coração brasileiro ,
assim como tenho e carrego com muito orgulho as bandeiras dos nossos Pais.
Eu voltarei para o mimo da Pascoa
,mais desde já uma Santa Pascoa amigo.
E de agora pra frente Deus não me afastará de vocês .
Eu como você acredito em milagres
feliz noite amado amigo.

Vera Lúcia disse...


Olá Daniel,

Serenidade e paz são excelentes companheiras de jornada. No exercício da serenidade caminharemos com maior suavidade pelas estradas da vida.

Abraço.