A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

POEMA MAR DA PARAÍBA




 
MAR DA PARAÍBA     

Demandando onde o meu sonho caiba
Caminhei na Praia do Coqueirinho
No mar da Paraíba
 Encontrei um menino, parecia saído do ninho
À beira do mar, soube dizer paíba
Já tinha aberto um buraquinho
Olhei-o enternecido, não escutei mais silaba
Senhora do Mar, não parei, segui caminho
Meditei porém, me pareceu estar numa Caraíba
Fiquei intrigado com o miminho
Ao voltar, este estava no mesmo lugar, ok Iba!
Tentava rever nova história de mansinho
Agora o menino, com uma conchinha, “pimba”!
Carregava água; sempre sozinho
Ternamente, Senhora do Mar, da Paraíba:
- Sorri para a cena, com carinho
Fui olhado, com ar azul de samba
Veio a reposta algo sobrenatural do vizinho:
- Manteres o pensamento na tua cabeça bamba,
É menos certo que eu despejar o mar devagarinho!
Senhora do Mar; julguei entender, “caramba”!
Não obstante, o menino me dizer chamar-se Saulo, o adivinho!
Seria filho de um deus, do que agora é a Paraíba?
Como por encanto, desapareceu o maneirinho!
 Mar da Paraíba!
Saulo… Saulo… Saulo… Mar da Paraíba!

Daniel Costa





13 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Não conhecia a Paraíba e eis que um estrangeiro me apresenta a ela. E belamente. O menino é lindo.
Beijos, querido,
Renata

✿ chica disse...

Que saudades do mar da Paraíba, da Severa e do Saulinho que está um doce de guri! Adorei o poema e tudo! abração ,chica

MARIA MACHADO disse...

Boa tarde querido poeta Daniel!

Parabéns pelo o lindo poema, e que lindo menino, com esse lindo rosto, misturado com seus versos ficaram encantador!

Um abraço amigo!!!

Maria Machado

José María Souza Costa disse...

Olá, é carnaval.
Mas, também é tempo de Leitura e reflexão.
Um abraço.

Ivone disse...

Amigo Daniel, tens uma linda capacidade de nos mostrar as belezas do meu País, pois como sabes, Brasil é imenso, conheço até o mar de Pernambuco, precisamente Porto de Galinhas, agora com seus lindos poemas estou me encantando!
Ah a "Senhora do Mar" não te deixa perder a inspiração, gostei demais de ler sobre o Mar da Paraíba,lindo demais!
Abraços meu amigo!

Felisberto Junior disse...

Olá, Boa noite, amigo Daniel
Praia do Coqueirinho,Mar da Paraíba, que doce,o lindo Saulo dizendo Paíba...gostei!
Parabéns pelo poema, tom angelical!
Obrigado pelo carinho,belo final de semana,abraços!

Jose Torres disse...

isto é um atentado ao bom senso.
Então com este frio e esta chuva toda, parece um suplício como o do Tântalo.
Um abração

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Olá Daniel! Passando para agradecer pela tua honrosa visita e amável comentário, assim como apreciar mais uma das tuas belas criações. Bela homenagem à linda Paraíba.

Quanto ao pendor erudito, Rsrs, gostaria de te responder por e-mail, se permitires,é claro.

Abraços e muita paz para ti e para os teus.

Furtado.

Mariazita disse...

Querido amigo Daniel
Esta tua série de poemas sobre o mar é muito boa!
E temas é que não faltam, não é verdade? :)
Este, envolvendo uma criança, é particularmente bonito.

Muito obrigada pela tua presença na minha «CASA» e pelo comentário que tanto me agradou :)
Como sabes, para mim a tua opinião é muito importante...

Bom fim de semana
Beijinhos

Bandys disse...

Lindo demais daniel.

O bebe é fofo.

Beijos

Dorli disse...

Oi Daniel,
Eu adoro apreciar o mar e amo as crianças, o mar às vezes é traiçoeiro e criança é companheira.
Bom feriadão Beijos
Lua Singular

eduardo maria nunes disse...

Fui ao Mar da Caraíba,
Encontrei um poema na areia escrito
Perguntei ninguém sabia
O nome daquele menino tão bonito!

Ele estava sentado,
Com um carrinho na mão
Muito sério sossegado
A tudo prestava atenção!

O autor do poema.
Já lá tinha passado
Primeiro,fiquei com pena
De o lá não ter encontrado.

Obrigado pela visita, amigo Daniel Costa,
bom fim de semana e bom Carnaval,um abraço
Eduardo.

Magia da Inês disse...

°º♡♡彡
Paraíba é um estado de sonho!...
♡♬° ·. Bom domingo!
Ótimo mês de março!
Beijinhos de Minas.
°º♡♡♬° ·.