terça-feira, 3 de junho de 2014

POEMA MAR DA PRAIA GRANDE






MAR DA PRAIA GRANDE 

Bolota também se designa glande,
Esta não há na paulista Santos
Mar da Praia Grande
De atraentes e quentes recantos
Perguntaram-me: fica onde?
Respondi: é praia cheia de encantos!
Senhora do Mar, não a esconde
Nela pode guardar os seus prantos!
É assim que a milhares responde:
- Até à chegada de colonizadores dos recantos
Índios tupiquinins, não previam vida de conde,
No século XVI, com seu séquito e tantos,
Martim Afonso iniciava o culto da Praia Grande
Depois da Senhora do Mar olhares isentos
 Mar de São Vicente ali estava como brinde
Já no século XX, ficou de agregação acentos
Mar da Praia Grande
 Mas que fascinantes adventos!
Senhora do Mar; avinde!
Vede como para a ternura é de sustentos!
Exala o cheiro do amor que no areal se estende,
Ao som do marulhar, a fascinar em talentos,
É assim que o próprio amor se surpreende,
Felicidade, doce, sem espaventos!
Mar da Praia Grande
Mar transversal a Santos!

Daniel Costas

~
 

12 comentários:

✿ chica disse...

Tu passeias e poetisas sobre todas as praias! Lindo,Daniel! abração,chica

Mariazita disse...

Querido amigo Daniel
Gostei do poema (o tema "mar" tem para mim especial encanto), gostei das fotos (maravilhosa praia!) e gostei dos vídeos.
Continuas de parabéns... :)

Uma excelente semana.
Beijinhos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Este mar eu conheço e o poema só o enaltece. Lindo!
Beijos,
Renata

Tunin disse...

As nossas praias são lindas e a tua poesia sabe enaltecê-las.
Abração.

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Olá Daniel! Lindo poema! Bastante condizente com as imagens dessa bela praia que, inclusive, tive o privilégio de conhecer.

Abraços,

Furtado.

Lucinha disse...

Daniel,

O mar inspirando ainda mais o poeta.
Lindas imagens e poema.

Querido, tomei a liberdade de postar um poema seu no meu blog. Com todos os créditos necessários, claro.

Abraços e obrigada!

Anne Lieri disse...

Que bela poesia para nossa praia Grande! Sempre nos encantando,Daniel! bjs,

Mariazita disse...

Querido amigo Daniel
Não tens nada que pedir desculpa, ora essa!
Tenho o maior prazer em te ver na minha «CASA», é claro, e, tratando-se de poema, em saber a tua opinião, mas chegas sempre a horas!
Tens razão, esqueci-me de colocar o meu nome por cima da minha fotografia, ao fundo do poema.
Já o coloquei, e assim não restam dúvidas, espero, que o mesmo é da minha autoria :)

Um feliz resto de semana.
Beijinhos

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa tarde,Daniel
sim,belo poema, de uma praia que conheço muito... moro na cidade vizinha, em Santos...e foi a primeira praia que fui ,em toda a minha vida!Outros tempos, porque a modernidade chegou com tudo lá...mas continua linda ainda!
Obrigado pelo carinho com meu blog, belos dias, abraços!

Eduardo Maria Nunes disse...

Boa noite caro amigo Daniel Costa, conheço a praia grande do Porto Covo, mas nada que se pareça na dimensão com essa que se vem na imagem.
Obrigado pela visita e que tudo esteja bem com você. Um grande abraço e tenha uma boa noite.
Eduardo.

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Oi Daniel! Passando para agradecer a honra da tua visita e amável comentário, assim como desejar um ótimo final de semana para ti e para os teus.

Abraços,

Furtado.

MARILENE disse...

Mais uma vez, você versa com propriedade sobre praia brasileira.
Imagens lindas! Bjs.