A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

POEMA CONFIANDO E DESCONFIANDO



CONFIANDO E DESCONFIANDO 

Sempre matutando
Procurando o rigor,
Confiando e desconfiando
Eterno amador
Garantias oscilando
Há sempre o risco vetor
O risco evitar, tentando
Mundo enganador
Sob formas de contrabando
De enganos; servidor
O pensamento variando
A confiar sonhador
Desconfiar visualizando
Fracasso de mau sabor
Desgostoso desmando
Se pode ensaiar ao redor
Que fazer? Recapitulando!
Da clarividência, ser censor
Evidências, perscrutando
Torrente de conquistador
Confiando e desconfiando! 

Daniel Costa

 

10 comentários:

São disse...

A ambivalência faz parte do ser humano, não é?

Gostei da música também

Abraço grande, Daniel

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Assim é a vida amigo Daniel,confiamos,desconfiando,isso já faz parte de todos nós.
Adorei .
Bjs-Carmen Lúcia.

Mariazita disse...

Meu querido amigo Daniel
Um poema cheio de ritmo, salientando o lado positivo e também o negativo que deve reger a nossa vida.
Achei interessante porque me trouxe à ideia o conselho que costumo dar:
confia... desconfiando.
É um aviso muito acertado :)

Aproveito para te desejar, aqui, publicamente, um Natal muito, muito feliz!
Que tudo decorra como desejas.

Beijinhos com muita amizade

Mariazita

✿ chica disse...

Confiar desconfiando, por vezes é preciso e acontece! Lindo poema! abração,chica

Ivone disse...

Lindo poetar amigo Daniel, "confiando e desconfiando", que fazer,né mesmo?
Amigo, sempre agradeço ter o prazer de suas amáveis visitas lá no meu espaço, espero que continues, novo ano será de reforçar amizades assim, mesmo que virtuais, valem tanto quanto as presencias!
Deixo aqui um abraço bem apertado desejando feliz Natal para você e toda a sua família!

poesia de vieira calado disse...

Bom dia, como está o amigo?
Daqui lhe envio os meus votos duma Boa Quadra Natalícia!

Lu Nogfer disse...

Daniel!

Muito obrigada pelas visita e pelos votos.
Que o seu natal seja um dia de muito amor, paz e harmonia juntamente com os seus e que 2015 seja um ano de muitas realizaçoes e muita saude em primeiro lugar.

Boas festas e tudo de bom!
Beijos.

MARILENE disse...

Belo vídeo. Gosto muito de ver movimentos de dança.
A vida nos obriga a ser atentos, para não confiarmos demais.
Renovo-lhe os votos de um maravilhoso Natal e de um 2015 de grandes realizações e alegrias. Bjs.

Nati Caetano disse...

Boa tarde, amigo Daniel!

Seu poema retrata que não podemos confiar demais nas pessoas, ser mais seletivos seja no que for.
Estou indo aos poucos nos blogs, um dia vou em 2, outro em nenhum, pois ainda estou sob efeitos de medicamentos.

Amigo desejo-te um abençoado Natal, que a paz reine no mundo, um 2015 cheio de esperança e fé, que seus objetivos sejam realizados.

ET. Por motivos de força maior tive que deletar o Face. Não dá mais amigo. Conversei com a amiga Severa.

Não confio mais em certas pessoas, que tem o prazer de prejudicar o próximo. Que Deus faça justiça.

Bjs e um bom final de semana.

Nal Pontes disse...

Poema interessante de se ler. Parabéns amigo Daniel. Desejo um lindo e abençoado final de semana. Um abçs