sábado, 6 de junho de 2009

poema







SALVATERRA DE MAGOS

Não é região de lagos

É Salvaterra

A Salvaterra de Magos

Na Borda D’Água

Margem Sul do Tejo

Na planície onde não há mágoa

Vila em pleno Ribatejo

Onde há vários festivais

Como a do Foral, dos Toiros, não vejo

E do Fandango, Meus deuses!...

A toirada e o toiro terão o maior ensejo

Nos campos o campino

Montado no cavalo, porte que invejo

Durante uma semanada

Na Avenida, frente à arena

Dá-se a largada

A Avenida enche-se de areia

De larga, torna-se pequena

Ali o monumento evocando o campino

Como que feliz de ver

Tanta gente em cena

E a vasta Avenida

Transformar-se da bravura arena

Fica ao rubro o entusiasmo

Às tábuas, chega o boi, qual fera serena

Quanto mais o animal se mostra bravo

O homem mais desafia

A bravura na segunda semana de Junho

Por ambas as partes dura o dia

Destreza e ligeireza

Em Salvaterra de Magos, no Ribatejo

Há colorido, há força, há beleza

Daniel Costa

13 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ DANIEL, COMO TU FAZES UM SUBLIME POEMA, CANTANDO SALVATERRA... É MARAVILHOSA A TUA POESIA!!!
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Bandys disse...

Linda poesia.
Sesejo um fds de muita paz e alegria
beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, Daniel:
Adoro os seus poemas que falam de lugares do lindo Portugal. Ai, que saudade...
Todos os seus poemas têm um ritmo cadenciado e parece que dançamos quando o lemos.
Lindo.
Beijos,
Renata

Ana Martins disse...

Gostei de ver aqui o Ribatejo tão bem cantado e homenageado, ou não fosse eu uma Ribatejana!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

"Conte a sua história ao vento,
Cante aos mares para os muitos marujos;
cujos olhos são faróis sujos e sem brilho.
Escreva no asfalto com sangue,
Grite bem alto a sua história antes que ela seja varrida na manhã seguinte pelos garis.
Abra seu peito em direção dos canhões,
Suba nos tanques de Pequim,
Derrube os muros de Berlim,
Destrua as catedrais de Paris.
Defenda a sua palavra,
A vida não vale nada se você não
viver uma boa história pra contar."
(Pedro Bial)

Na impossibilidade de entrar em detalhes, como eu gostaria imensamente como todos amigos que tenho, venho trazer um pouco de poesia e desejar que seu domingo, sua nova semana seja de mil cores, que tenhas muitas alegrias!

Um abraço

Sônia

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz


(Charles Chaplin)

Desejo um lindo domingo com muito amor e carinho.
Abraços Eduardo Poisl

Val Du disse...

Há colorido, há força a beleza.

Andas inspirado Daniel.
Belo poema.

Beijos

xistosa - (josé torres) disse...

Salvaterra de Magos.
Além de gostar de "Magos", bem fresquinho, escorrega como azeite, há uns anos, muitos, comi um ensopado de enguias, que ainda hoje tenho o paladar delas na boca.
Não sei se ficou alguma espinha, mas eu que sou guloso por enguias, nunca mais comi nada igual.
Mas as recordações não nos matam a fome.

Gostei do hino ao campino e ao touro, a razão principal da festa.
Um bom domingo.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO DANIEL, VOTOS DE BOM DOMINGO...ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Whispers disse...

Ola Daniel!

Dos teus sentimentos sai maravilhas,palavras com tanta vida e emocao

Outra vez meus parabens.

Um beijo grande

Whispers

Laura disse...

Não conheço Salvaterra de Magos, mas, vivi no Ribatejo, uns anitos, vi touros, vi corridas, vi campinos, mas não gosto de touradas e afins, detesto, mas, cada um é como é...
Beijinhos e continua, em Poemas descreves o teu sentir..Bonito..laura.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, Daniel:
Vim dizer-lhe que tenho um novo Blog, que se chama TUDO.
http://blogrenatatudo.blogspot.com
Visite-me, pois lá publico de tudo um pouco, o Blog não tem uma linha fixa, como resenha de fimes, poemas.
PS: A tempo. O Galeria está concorrendo ao TOP BLOG 30, na categoria cultura. Basta ir no Galeria, clicar onde está escrito "vote neste site" e escrever as letras que aparecem. Já votou.
Beijos,
Renata

poetaeusou . . . disse...

*
o Ribatejo
" poemado "
parabens, Daniel,
,
um abraço,
,
*