domingo, 6 de dezembro de 2009

Poema

RECEBI DA BOA AMIGA E POETISA, ANA MARTINS.

Agradeço e deixo regras:


Escolher dez amigos para declarar a nossa amizade e os nomeados, para que continuem a DECLARAÇÃO DE AFECTO por dez dos seus melhores amigos.


Não há selos ou prémios, apenas a nossa declaração sincera de afecto.

A minha declaração de afecto vai para:

EVERSON
SARITA
VANUZA
VALENITA
BANDYS
RENATA
FERNANDA
SUSY
ZÉLIA
VERÓNICA

Uma local do Semanário SOL, de Lisboa, em 4/12/2009









RELÓGIOS DE SOL


Mocidade talvez grandiosa
Imaginação aventura
Nem de perto nem de longe ociosa
Diriam dura
Para mim aventurosa
Muito criança azáfama segura
Vida bastante vivida
Havia o sonho, a ideia de aventura
Recordo e sorrio *
O pai era especialista (?) a podar e empar *
Videiras, em parcelas, abrigadas de caniceras *
Ali no Oeste à beira-mar
Destinava trabalho aos filhos
Enquanto a jorna do dia ia ganhar
No fanfarrão e noutras courelas
Quando o estômago pedia para jantar*
Havia uma cana, como relógio de sol
Indicava o meio-dia, o jantar * prestes a chegar
Por vezes calhava Pedrógãos
O sítio é lindo, embora pareça isolado
Avistava-se a igreja da Rebera *, não havia imbróglios
Quando na fachada o sol batia
Os estômagos exultavam:
- Pelo sol, meio-dia!
O sonho e aventura comandavam
A aventura mais sonhada, de chegar um dia havia
Sonhada, aventurosa, acariciada
Raiou um belo dia
Recordar, a aventura dos relógios de sol
A meninice será recordar não é fantasia
Recordar a aventura
Que passou um dia, como se fora maresia
Junto ao mar
Alegrias da meninice que foram um dia

Daniel Costa


*sorrio: recordo que aos 17 anos podava e empava videiras, nunca as do meu pai, ou outras da minha aldeia de nascimento
*canicera = caneira: sebes de caniço seco

*jantar: refeição do meio-dia solar
*Rebera: Ribeira - o nome que se dava muito à aldeia de Riba Fria

D. C.



18 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Meu Anjo adorado, esta declaração de carinho e amor prentede ter perfumes e brilhos do mundo. Eu a escrevi inebriada e ofuscada como se respirasse a tua alma em plena luz do teu canto. Estou embevecida e confusa, como no dia em que me disseste: Gosto de ti. Temia não ser pura o bastante para o teu carinho. Deus sabe que te tenho muito amor. Meus escrúpulos são os do coração. Com modéstia, declaro-te: Eu te admiro como a alma humilde que sou. Eu te adoro como o ser humano que és. Feliz e Abençoadíssimo Natal, amigo e.terno Daniel! Que repartamos o pão e bebamos a água.
Beijos,
Renata

Everson Russo disse...

Meu amigo, assim sem avisar o coração não aguenta...rs..rs..rs...obrigado pela amizade, saiba que tenho o mesmo forte sentimento de amizade por ti, tenho tido muita sorte no mundo virtual dos blogs de conhecer pessoas super legais de alma diferente como voce....um forte abraço e uma semana cheia de paz...

angela disse...

Lindo poema.
beijos

SAM disse...

Querido AMIGO,

fiquei emocionada, sinceramente sensibilizada por esta declaração de AMIZADE. Você, Daniel, é um homem leal, fiel aos seus sentimentos e sincero nas amizades. O meu afeto é enorme e a minha admiração gigante pelo amigo e grande ser humano que constante e crescentemente demonstra em gestos de bondade, lealdade, gentileza e demais sentimentos nobres que valorizam o ser humano com profunda afetividade e complacência. A minha gratidão, admiração e afeto por você é muito grande, creia. Devo-lhe ainda o aprendizado e o querer ser melhor, evoluir, para corresponder sempre a sua amizade e as que a vida tem me presenteado. As palavras, num momento deste costumam nos fugir para preencher de ternura os nossos corações. E ele sim diz mais. Diz tudo o que não podemos ou não conseguimos expressar quando a emoção toma conta do nosso espírito de forma tão sublime, tão linda.


OBRIGADA.

Todas as suas partilhas poéticas e descritivas revelam detalhadamente a vida, a obra e a história de um homem norteado por valores morais, éticos e digníssimos.


Grande abraço e carinhoso beijo.

Angela Guedes disse...

Oi Daniel!!!
Pra você, boa semana,
Muito amor no dia-a-dia,
Paz e saúde junto aos seus
E montanhas de alegria!!
Fique na Paz...
Fique com Deus!

Val Du disse...

Oi, Daniel.

Muitíssimo obrigada pela tua amizade.
Agradeço sua indicação.

Um grande abraço.

Beijos.

Everson Russo disse...

Meu querido amigo, que sua semana seja repleta de paz e muitos acontecimentos bons, voce merece,,,,é sempre uma honra poder dizer que tenho sua amizade,,,forte abraço.

Mariazita disse...

Querido amigo Daniel
Só posso dizer uma coisa:
Tu mereces! A nossa amiga Ana Martins sabe o que faz... (Não é muito bonito eu dizer isto porque também fui contemplada :) mas eu estava a referir-me a ti!)
O teu poema é espectacular.
Reviver o passado em verso não é para todos...

Uma semana cheia de Luz.

Beijinhos
Mariazita

Bandys disse...

Daniel,
Nossa fico honrada com sua dedicação e não tenho palavras pra lhe agradecer.
****************************************
O tempo passa, o verão se vai,o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão
e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que nos deixa mais feliz
é que as que caíram continuam por perto, continuam aumentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos
enquanto cruzavam o nosso caminho.
Desejo à você, folha da minha árvore,
Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Hoje e Sempre...
Simplesmente porque:

Há os que levaram muito,
mas não há os que não deixaram nada.
Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

Beijos meu amigo e obrigada!

VANUZA PANTALEÃO disse...

"Quando na fachada o sol batia..."
Quando Daniel fala de Amigos e Sol todos paramos para reverenciar esse Homem e Intelectual que Deus nos trouxe para afagar nossos corações. Não mereço tanto, falo com sinceridade. Mas você...ah, Daniel, como mereces todo o nosso Afeto!
Tenha um Natal Iluminado, Amigo querido!!!
Te adoro de verdade!!!

EDUARDO POISL disse...

"Ama e faz o que quiseres.
Se calares, calarás com amor;
se gritares, gritarás com amor;
se corrigires, corrigirás com amor;
se perdoares,perdoarás com amor.
Se tiveres o amor enraizado em ti,
nenhuma coisa senão
o amor serão os teusfrutos."

(Santo Agostinho)

Desejo uma linda semana com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.

jo ra tone disse...

Poema muito interessante, representativo que marca a educação que tornaram Homens, gentes de qualquer aldeia, na época difícil dos nossos pais.
Abraço

Everson Russo disse...

Bom dia amigo poeta, que sua terça feira seja na mais perfeita paz e muita inspiração...forte abraço.

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, BELA POSTAGEM...MUITO OBRIGADA PELA AMIZADE AMIGO...FICO MUITO HONRADA COM A SUA DECLARACAO DE AMIZADE...VOTOS DE UMA FELIZ SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

Carmela Alves disse...

Bonito demais.

bejos

Andresa disse...

Vc me fez recordar, o aprendizado do avo... Quando criança apontava para o ceu e me ensina as horas.
LInda epoca
Doce lembranças
APrendizado nunca esquecido
Até hoje, olho para o ceu, para saber as horas.
Não sou adepta a relogio, sempre esqueço de colocar um e quanto coloco esqueço que estou usando....rsrsrsrs



Lindo amigo
Bjs
Andres

Elaine Barnes disse...

Gostei demais do poema.Lembranças da infância com sabor de almoço no roncar da barriga ao aviso do relógio de sol! Gostoso de ler e recordar contigo. Gostaria que fosse partilhar o aniversário do meu blog que está fazendo 1 ano. Tem selinhos comemorativos e também uma "Árvore Bloguealógica" que criei para homenagear os amigos que me deram incentivo. Adoraria que fosse. Seu nome está lá. Obrigada por tudo bjaõ

Everson Russo disse...

Um forte abraço a ti amigo poeta e uma belissima quarta feira...