quarta-feira, 27 de julho de 2011

POEMA UTOPIA

 

                                             

POEMA UTOPIA

Sempre se amou algum dia
O amor dantes seria mais eterno
Com a globalização, por vezes acarreta utopia
Utopia pode ser sonho de ideal
Ideal que quando não se consuma, não tem via
Porém, amar enobrece a alma
É sonho que, pode não ser eterno, mas evita-lhe a melancolia
Pode haver imensas formas de sonhar
Não é sonho, pode ser erro, será utopia
A travar a precisa realização
Da obra dependente de várias opiniões
Quando alguém apresenta boas ideias de concretização.
Passo a outro plano que se proclamou de utópico
Utópico durante séculos
Foi o mítico grego Pégaso
Que no seu cavalo alado sonhou voar sem meios técnicos
Gerado no sangue de Medusa
Sonhou ser eterno
Da mitologia, de certo modo, confusa
Mais modernamente
Tivemos a Passarola de Bartolomeu de Gusmão, de alma Lusa
A breve subida deu-se, mas o sonho desfez-se, não para sempre
Deu lugar ao balão
O sonho estava a deixar de ser utopia
Veio também o hidroavião
Alguns amararam no rio Tejo, em Lisboa
Hoje temos o moderno avião
Desde sempre o homem sonhou ter voar como um pássaro
O sonho, que foi utopia realizou-se, veio o foguetão
Já no século passado, nem mais
O amor continua e perdura, até à loucura
E o homem voa em bando…. Em bando, como os pardais

Daniel Costa


14 comentários:

Everson Russo disse...

Entre poemas e vida real,,,entre sonhos e amor, não tem como se viver sem um pouco dessa fantasia que nos move a alma...abraços fraternos de bom dia pra ti amigo...

lita duarte disse...

O sonho e a realidade sempre caminham juntos.


Bjos.

MARILENE disse...

Muito do que já foi sonho e utopia está presente em nossa realidade. Não dou conotação extrema a isso. Tudo pode ser mudado e vivido, basta que alguém encontre o caminho para se chegar lá.
No amor, é a mesma coisa. Temos que enxergar a estrada e alimentar a disposição de por ela caminhar.
Pode ser utópico o amor eterno, mas nem nisso acredito. Ele existe, sim, para além da vida.

Bjs.

Maria selma disse...

Oi,Gostaria de fazer a postagem de seus livros,enviei um email,gostaria de saber se você recebeu,fico-lhe grata,
http://selmaris.blogspot.com/
Chá da tarde

Pensador disse...

Concordo com você, Daniel. Sonhar pode ser utopia. Pode realizar-se ou não, ainda que não se deva deixar de sonhar pela possibilidade do sonho não se realizar. Mas amar, não é e jamais será utopia. Amar é a melhor e mais doce realidade que pode existir.
Abraços!

Everson Russo disse...

Um dia de paz e versos pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Maria selma disse...

Oi amigo,enviei outro email agora neste outro email espero que chegue até você,linda tarde.
beijo.

Vanuza Pantaleão disse...

"E o homem voa em bando..."

Daniel, fiz um post para você, meu amigão. Não sei se tá bom, mas fala do pavão misterioso do nordeste.
Podes ver como ficou?
Ai, meu Deus, espero que gostes!

Beijos, migooooo!!!

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Como sempre lindo...deixa os pensamentos voar por entre as letras e o sonho acontece.
E...o amor são apenas momentos, por vezes o tempo suficiente para se tornarem eternos.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Vanuza Pantaleão disse...

Da Grécia aos tempos modernos. Tudo passa, o amor, não passa.
Foi assim que entendi. É bom amar!
Até em sonho...

Perfeito, amigo!
Bjsss

Everson Russo disse...

Um final de semana cheio de poesia e paz pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Olhos de mel disse...

Querido Daniel; acho que o amor sempre norteará minha vida. E deveria ser assim para o ser humano, porque não veriamos tanto ódio sendo disceminado pelo mundo.
Mas achei esse devaneio entre o sonho e a realidade maravilhoso, lindo!
Bom fim de semana! Beijos

Simone MartinS2 disse...

Belo! Mas se utopia ou nao, continuamos amando do mesmo jeito, com alma, espirito e coração, sem jamais tirar os pes do chão, saber conviver com a razão..Acredito em DEUS e isso me basta para amar...abraços...vim pelo blog. da Maria

Desnuda disse...

Querido amigo Daniel,

Belíssimo e muito bem explicado no conteúdo dos versos a proposta de reflexão do poeta. O sonho do homem que se concretiza e se eterniza através do tempo.

Beijos com carinho, Daniel! Obrigada.