A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

domingo, 3 de julho de 2011

POEMA ESPIAR

Miriam Pielhau Celebrity Wallpaper

ESPIAR

Ainda vivo sonhado,
Que cada cidadão
Será um espião
Vou tomar cautela
Com a espionagem
Essa aragem
Que chega a qualquer ponto
Até num encontro
Com a donzela
Não se dá por ela
Mas pode ser arvela
A dar a espiadela
Servindo o patrão
Com vista à solução
De sanar mazela.
A espiadela é palavra mansa
É capa de insignificância
De qualquer ordenança
Que satisfaz vingança
Mesmo sem esperar herdar
Assento naquele lugar
Outro o irá alcançar
Manda-o espiar
E para o recompensar
Põe outro no seu lugar
Mas serei eu espião
Pela simples razão
De ser cidadão?
Oh! Mundo trapalhão!...

Daniel Costa


11 comentários:

angela disse...

O bom humor é sempre bem vindo, mesmo quando o assunto é serio.
beijos

xistosa - (josé torres) disse...

Não sei se a "tríade", não o conjunto de estrofe, antistrofe e epodo, (a forma estrófica das odes de Píndaro), mas sim, os neo-glutões que apareceram à última hora para nos salvar, o conseguirão.
Com tantos salvadores não sei não... se não iremos ao fundo.
Por isso, para ficarmos mais leves, aliviam-nos do dinheiro, que parecendo que não, tem muito peso.
E para tudo sobreviver, talvez sejam necessário novos observadores, esses espias que nos farão expiar com a cura que nos vão aplicar.
Cumprimentos e uma boa semana.

Everson Russo disse...

Que cada cidadão seja feliz,,,encontre seu caminho e paz...abraços fraternos de boa semana pra ti amigo..

Evanir disse...

Querido Amigo..
Sei que estou em falta contigo nem tempo de falar contigo tive nesses ultimos dias.
Aqui esta muito frio já não posso ficar até mais tarde no computador.
Coloquei em ordem minha leitura aqui nesse blog.
E como esta lindo seus poema ser poeta é ter alma de anjo.
Uma noite linda beijos no coração sua amiga para sempre,Evanir.

Pensador disse...

Um belo e divertido poema, Daniel!

Por via das dúvidas, com tantos espiões que sempre há, é bom tomar o cuidado de não se fazer nada errado...

Abraços!

Ma Ferreira disse...

Poeta, amigo, querido Daniel..
Lindo poema como sempre..muito bem humorado..gostei muito.

Te convido a ser meu seguidor hj..vou
esperar ok?
Bj
Ma

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo,,,muita poesia,,,abraços fraternos.

Everson Russo disse...

Um belo dia de poesia pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Mesmo sem esperar herdar
Assento naquele lugar
Outro o irá alcançar
Manda-o espiar
E para o recompensar
Põe outro no seu lugar

Com certeza meu amigo.

Muito obrigado pela visita e pelo amável comentário.

Abraços e que fiques na paz de DEUS.

Furtado.

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Já fui ler o "Casal Foz". Obrigada por me teres alertado.

Gostei deste poema "Espiar"!
Lê-se com um sorriso no rosto:)
Fez-me lembrar o livro que ando agora a ler «Enquanto Salazar dormia».
Gostei muito dos teus espias:)))

Uma semana feliz. Beijinhos

Desnuda disse...

Daniel,

"Oh! Mundo trapalhão!..." Rsrsrs

Beijos amigo querido!