A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

POEMA OS MELHORES ANOS DA MINHA VIDA


(ao centro, primeira incarnação - foto saída na revista PLATEIA de 18/04/1969)
(à direita, segunda incarnação - foto em restaurante - localidade de Pombal, Abril de 2011)

OS MELHORES TEMPOS DA MINHA VIDA


Confesso de seguida
 A procura da felicidade
Tempos da minha vida
Alguns gloriosos, na verdade
Outros de dúvida
De imensa complexidade
De felicidade dolorida
Comparável a concavidade
De felicidade provida
De fora esteve a debilidade
Jamais a fé esteve exaurida
Fé com intensa densidade
Tempos da minha vida,
Duas encarnações na verdade
A primeira num período resolvida:
- Dez anos de alacridade
A segunda de alegria sentida,
Parecendo a eternidade
Os melhores tempos da minha vida
Os presentes na efetividade.
 
Daniel Costa
 


8 comentários:

✿ chica disse...

Que legal,Daniel!!! Adorei! Bela foto! abração,chica

Ivone disse...

Que bom ver isso,as boas lembranças nos dão essa alegria!
O poema como sempre, muito bem rimado, amei ler!
Abraços amigo poeta, Daniel!

Graça Pires disse...

É bom recordar o que se viveu...
Beijo.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Daniel,obrigada pelo comentário e pela visita.
Bjs-Carmen Lúcia.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Daniel,passando para lhe desejar um ótimo final de semana.
Bjs-Carmen Lúcia.

MARILENE disse...

Duas fases da vida, Daniel. E uma fé que o ajudou a vencer barreiras e continuar. Um novo homem, com a mesma dedicação às letras. Abraço.

Jaime Portela disse...

Um magnífico poema.
Do qual gostei imenso.
Parabéns pelo talento poético presente nas suas palavras.
Tenha um óptimo fim de semana.
Abraço poético, caro Daniel.

Maria Rodrigues disse...

Duas fases de uma só vida.
O importante é aproveitarmos ao máximo o momento presente.
Belo poema.
Beijinhos
Maria