sexta-feira, 2 de outubro de 2015

POEMA AMOR SAUDOSO



AMOR SAUDOSO 
 
Amado ditoso
Poeta inspirado
Amor saudoso
Olhar apaixonado
Desejo pecaminoso
Pensamento doirado,
Requinte melodioso
Porte de namorado
Amor saudoso
Profundo amado
Sente-se ditoso
Por ser venerado
Coração zeloso
Moderno atinado
Terno e cioso
Vivaz e apaziguado
Amor saudoso.
 
Daniel Costa

10 comentários:

Ivone disse...

Ah, amor saudoso, muito bom ser lembrado, saudade também dá lindos versos rimados!
Amei ler amigo Daniel!
Abraços apertados!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Daniel,está com saudades do amor.rsrs
Lindo poema.
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Marta Vinhais disse...

Saudade... amor... e o poema escreve-se..
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

MARILENE disse...

Daniel, a saudade é fruto de uma lembrança boa. Belos versos! Abraço.

Tais Luso disse...

É, Daniel, o que é bom deixa saudades!
Amar é bom demais pra alma, renova o que temos de melhor.
Bjus, amigo.

Pedro Luso disse...

Caro Daniel,poeta falar em amor é quase uma redundância.
Abraços.

MARILENE disse...

Daniel, vou viajar agora e amanhã não conseguirei falar com você. Por isso, adianto meus cumprimentos, desejando que viva um novo ano de muitas alegrias. Felicidades!!!!! Abraço.

Nal Pontes disse...

Linda poesia e doce inspiração. Uma noite maravilhosa para ti. Bjs

Jaime Portela disse...

O amor e a saudade deram um belo poema.
Gostei imenso.
Daniel, caro amigo, tenha uma boa semana.
Abraço.

Jaime Portela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.