A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 1 de maio de 2017

POEMA AMADA AMANTE

Blusa:

AMADA AMANTE

Amada amante
Flor a desabrochar
Do poeta diamante
Cupido a flechar
Etéreo declarante
Doçura a amealhar
Amada amante
Alvura a se declarar
Amor transbordante
Ternura a se aninhar,
Aninhar flamejante!...
Coração a cintilar
Amada amante,
Alma deslumbrante
Amor de entalhar
Fervor borbulhante
Sensualidade a se espelhar
Amada amante
Prazer de partilhar
Poesia contagiante
Amada amante
Flor a desabrochar

Daniel Costa


5 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Daniel,você descreve lindamente esse poema à amada amante.
Lindo.
Bjs-Carmen Lúcia.

Maria Rodrigues disse...

Tão apaixonado e tão belo!
Beijinhos
Maria

Célia Rangel disse...

Belo poema onde impera a beleza de se amar...
Abraço.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Olá amigo! Retornando as minhas atividades nos blogs, fiquei afastada por um tempo, problemas de saúde que estão passando graças a Deus. Aproveito para desculpar-me pela ausência e assim que puder retornarei aqui com muito prazer pois amo suas postagens e a pessoa que você transmite ser. Como são muitas visitas, hoje estou com esse comentário para todos, mas saiba que se estou aqui o meu coração também está repleto de alegria. Abraços, que jesus nos abençoe sempre.
Profª Lourdes Duarte
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

Mariazita disse...

Querido amigo Daniel
A transparência, a inocência, o despertar para o amor estão presentes neste teu belo poema.
Lembra a pureza do primeiro amor...
Gostei muito!

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS