A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Sinos de Alimonde POEMA O TOQUE DAS TRINDADES




Imagem

O TOQUE DAS TRINDADES

 O toque das trindades
O toque do sino ao por do sol
Louvor ao Deus das verdades
Revoando por todo o arrebol
Santificando as interioridades
Eterno e especifico farol
Iluminando de paz as potestades
Do bucolismo, do canto do rouxinol
Flautas com toques de autenticidades
Toque inebriante, como o canto de Carol
Bênçãos etéreas de divindades
O horizonte se estende como lençol
Deus dos mundos e das dignidades
Também das folclóricas cornetas do Tirol
Sobressaem sempre as cumplicidades
Delírios musicais em lá bemol
O togue das trindades
O toque do sino ao por do sol

Daniel Costa

3 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Adorei o poema e a imagem Daniel!
Bjs-Carmen Lúcia.

Jaime Portela disse...

Mais um excelente poema.
Bom fim de semana, caro amigo Daniel.
Abraço.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Amigo Daniel. Seus poemas nas convidam a desbravar mundo desconhecido e este de forma lírica você nos faz lembrar de um Deus maravilhoso que nos proporciona a cada dia com belezas inigualáveis como a natureza. Parabéns! Tenha um abençoado fim de semana, abraços da amiga Lourdes Duarte.