quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

POEMA MORAR EM LISBOA


MORAR EM LISBOA

Na ilusão de uma vida boa
Procurado a cidade do velho fado
Vim morar em Lisboa
O pensamento vagueia pelo mundo inteiro
Não será à toa
O amor é muito brasileiro
Amor platónico enfim
Nas minhas vivências
Na mental irrequietude não será ruim
No deambular pelo mundo
Tenho aprendido que o amor é assim
Desde cedo mentalmente viajei pelo Brasil
 Procurando o deus do bom fim
Procurei por toda a parte
Fui à cidade maravilhosa
À fronteira norte, onde vi como é linda a natureza
Passei pelo sertão onde tudo me pareceu espinhosa rosa
Fiquei fascinado com o folclore nordestino
Nas praias do Maranhão vi a mulher dengosa
Sensual, deixando uma sugestão
Entrei numa aventura airosa
Não passou disso então
Sempre pela beira-mar desci
Acabei o périplo no Rio de Janeiro onde tomei o balão
Tudo terá nascido do sonho
Do feliz mundo da ilusão
Afinal tudo foi sonho, não à toa
Convivo feliz com a nostalgia do fado
Algo se cumpriu, moro em Lisboa

Daniel Costa


13 comentários:

Sandra Botelho disse...

Amigo tenho uma vontade enorme de conhecer Lisboa...
Imagino que deve ser uma cidade linda, assim como teu poema.
Bjos achocolatados

SAM disse...

Querido amigo Daniel.

bons sonhos na inspiração deste belo poema.

Beijos amigo.

Sonhadora disse...

Meu querido Daniel

Um poema lindo...uma viagem de sentimento, adorei.

beijinhos
Sonhadora

Paula Barros disse...

..e eu diria, desde cedo viagei mentalmente por Portugal.

Estive em setembro e foi maravilhoso conhecer vários lugares.

Mas você me fez caminhar pelo meu Brasil, pelo Rio de Janeiro que amo, e gosto de estar aqui.

abraço

Fernanda disse...

Amigo Daniel!

Há qualquer coisa em mim que me faz sentir deslocada em Lisboa... ou tive azar ou foi trauma de infância quando vivi lá "forçada" 20 dias com uma tia querida.

Gostei do poema, como sempre!

Beijinhos

Jacque disse...

Lindo seu Poema, amigo Daniel ! Deve ser lindo morar em Lisboa...

Obrigada pelo coment... em VIDAS E ESTILOS.

Everson Russo disse...

Meu amigo, deve ser um sonho morar em Lisboa,,,e com seus versos então, fica mais e mais romantico,,,um dia, se Deus quiser chego por ai e dou um abraço pessoalmente no amigo,,,,um belo dia de paz...abraços fraternos...

Vivian disse...

...ah meu querido poeta!

fisicamente moras em Lisboa,
linda Lisboa terra dos melhores
fados.

mas como a alma é livre,
é claro que podemos viajar
pelo mundo, cruzar mares
e céu, encontrar pessoas,
encantarmo-nos com as belezas,
e assim até poetar sobre o amor!


que lindo és!

muitos beijos brasileiros,
deixo à você!

Pérola disse...

Que bela homenagem ao Brasil meu querido.
Me fascinou.
Obrigado pelo seu carinho.
Abraços carinhosos.

rosa-branca disse...

Lisboa é linda, eu pelo menos gosto e o seu poema é belíssimo. Beijos com carinho

Pensador disse...

Se no roteiro desta sua viagem de sonho, decidir incluir a desvairada paulicéia, fica desde já convidado a tomarmos um café.

Abraço!

Everson Russo disse...

Um belissimo final de semana pra ti amigo,,,abraços fraternos.

Daniel Viagra Daniel Daniel disse...

tambem eu gosto das brasileiras, são faceis e sem frescuras: uma conversinha e logo logo estão tomando na coninha, na boca, no cuzinho... facil facil! Já de africanas, quero dizer: pretas, não aprecio tanto - não gosto de catinga! mas nao gostar é defeito meu, segurio De qualquer modo, aqui vão meus parabens por seu livro sobre as fodas em tempo de guerra! parabensm Daniel, meu irmao, meu xará!