A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

terça-feira, 12 de abril de 2011

POEMA VIDAS


POEMA VIDAS

Embora seja dolo
Pior que nós, há sempre há alguém
Porém não se é tolo
É estímulo para esta nova encarnação
Não serve de consolo
Na primeira vivi sem consternação
Sigo na segunda
Vivo-a com a mesma emoção
Não a conheci imunda
Vivo talvez com mais amor e devoção
Apenas soube de escolhos
Vim a saber que houve permanente oração
Na transição passei incólume
Tal como na primeira
Veio novo mundo de sonhos
Procurarei a verdade inteira
Muitos outros sonhos risonhos
Outra maneira
A minha glória é esta
A hipertensão verdadeira
Sempre os sorrisos
Como se fossem bebedeira
Com o mesmo optimismo
Sorrirei e lutarei à minha maneira
Na procura da verdade
A vida inteira

Daniel Costa


11 comentários:

Perola disse...

Maravilhoso!!!
Cada vez que venho aqui vc me surpreende cada vez mais.
Eu sou boba sim mas... boba de paixão pela vida e pelos sorrisos que encontramos afora.
Estou imensamente feliz e cumprindo exatamente o que o seu poema encerra,tem coisa melhor?
Só se for duas vezes mais ou...mil rs.
Beijos meu grande amigo.

Marta disse...

A vida é assim....A procura do destino, do amor, de alguma coisa que nos preencha....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

xistosa - (josé torres) disse...

"Procurarei a verdade inteira"

Será que se encontra?
Acreditar em algo já é uma verdade, mesmo não passe de um sonho.

Caríssimo Daniel Costa
Só no próximo domingo é que terei a máquina da Net a 100/%.
Estou velho para estas modernices e depois de me instalarem o Chrome, fiquei com o juízo cromado.
Vou ter que ir à escola (da vida).
Por isso tenho andado fugido.
Mas agora com máquina nova e gasolina cara vou aparecendo regularmente.

Um abração

Everson Russo disse...

Vida que nos faz correr atras dos sonhos..dos desejos e claro,,,do amor que temos guardado no peito...abraços fraternos de bom dia..

Vanuza Pantaleão disse...

Amigoooooo, voltei!
Tossindo um pouco, mas isso não me impede de beber dos teus versos esse otimismo em dose dupla.
Os escolhos da vida, a gente deixa pra lá e vamos limpando o caminho para seguir com Fé e Alegria.
Um lindo dia, Daniel!!!
Beijinhos

Vanuza Pantaleão disse...

Daniel, aos pouquinhos, volto a passear por aqui. Gracinha de amigo!
Beijinhos

Sonhadora disse...

meu querido Poeta

Sempre a procura...sempre mais além das nossas mãos...deixar de sonhar é morrer, como sempre adorei ler o teu sentimento.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Olhos de mel disse...

Querido amigo; acho que passamos a vida procurando algo que nem sempre sabemos do que se trata. É um vazio que não sabemos como preencher. Mas uma certeza você já tem; procurar a sua verdade...
Lindo poema, Daniel! Beijos

Jacque disse...

Lindo Poema !

Beijo

Everson Russo disse...

Um belissimo dia pra ti meu amigo,,,abraços fraternos...

Desnuda disse...

Querido amigo,

Um poema lindo. Sabedoria para uma existência e lição para todos nós.Obrigada querido.

Beijos com carinho, Daniel.