A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

terça-feira, 26 de abril de 2011

POEMA DONA MICAS


DONA MICAS

Na aldeia do Oeste
Num dia invernoso, agreste
Nuvens negras no céu
Tudo escuro como breu
O farol da Berlenga
E do Cabo Carvoeiro
A deitarem urros no éter
Alertando o marinheiro
Dirigindo-se mais ao timoneiro
Na costa a sul do Carvoeiro
Avistam-se ondas muito altas, medonhas
Ululam ao desfazerem-se na rocha
Fazendo estrondo como que a bater o pé
Pareciam dirigir-se a humanos sem fé
Dona Micas segue rua acima
Como que a visar os quatro moinhos
Cada vez mais a eles se arrima
Segue com o seu manto negro
Qual bruxa maldita, a meter medo
No cordame das velas dos moinhos
Assobiam búzios tristonhos
A bruxa, qual fantasma negro maldito
Vai distribuindo conselhos
Dizendo: é prenúncio do finito!
Ninguém acreditava na dita
Porque teriam esperança
Num Deus de justiça bendita

Daniel Costa

10 comentários:

Mariazita disse...

Boa noite, Daniel
Gostei muito deste teu poema, que descreve lindamente uma noite de borrasca, lá para as bandas de...Peniche, ou arredores.
Nem faltou a bruxa para tornar o temporal mais temível:)
Muito bom.

Boa semana. Beijinhos

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Como sempre a vida real transportada e contada em poesia, adorei e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

xistosa - (josé torres) disse...

Pensei que já não havia bruxas.
Bruxos sei que existem.
Bruxos e adivinhos... quiméricos, mas que não descobrem as tempestades que todos adivinham.
São quimeras...
Um abração

lita duarte disse...

Dona Micas, figura exótica, daquelas que fascinavam as pessoas, por causa do mistério...

Belo poema, Daniel.

Beijos

Everson Russo disse...

Sempre dedilhando em belos versos o real da vida,,,dos sentimentos...belissimo...abraços fraternos de bom dia pra ti amigo...

CAIXA DE FATOS disse...

BOM DIA!

BJS

DADI

Sandra Botelho disse...

belissimmamente escrito e descrito...Poeta, vc é 1000
beijos achocolatados

Bandys disse...

Oi Daniel,

A moça da foto é bela.

Beijos

Everson Russo disse...

Um dia recheado de poesia pra ti meu amigo,,,agradecendo sempre seu carinho,,,sua amizade,,,e suas palavras no Livro,,,abraços fraternos...

Desnuda disse...

Querido amigo,

Um poema bem interessante Daniel!


Beijos com carinho amigo.