A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quinta-feira, 30 de junho de 2011

POEMA NINGUÉM


POEMA NINGUÉM

Não se desdenhe de quem se julga alguém
Ouvir e fazer uso do espírito crítico de benevolência
Em virtude de sabermos não sermos ninguém
Fazer que o mundo não avance sem nós é ciência
Quanto mais este avança
Mais sobressai a carência
Ainda que havendo milhões a lutar
A lutar com decência
Estão sempre a aparecer paspalhões
Postados sem nada fazer, nada valer
Parecem algo como de um universo de burlões
De um suposto mundo
De um ignorado mundo de milhões
A gritar bem alto aqui estou eu!... Sou alguém
Há atrasados mentais a quem dá jeito acreditar
No “sobrenatural”, eu: ninguém
O seguem-no como se viera de um cometa
Pouco lhes importa o desdém
Se podem nada fazer!...
Senão esperar a sua vez de dizer: sou alguém!
Quem sabe tudo, somos nós todos
Faço parte da engrenagem do mundo de aquém
Apenas o que julgo saber
Julgo saber bem que viajo na esfera do além
Enquanto acredito e medito
Sou ninguém!...
Ninguém!...
Ninguém!...

Daniel costa

13 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Somos ninguém espezinhados por alguém... do tal suposto mundo de alguém, mas este alguém é esse, o dos milhões.

Um abração.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Daniel! Passando para agradecer a visita e o comentário deixado lá no nosso humilde espaço, como também apreciar mais uma das tuas belas criações. Com certeza aqui voltarei mais vezes, pois além de teres um espaço interessante e bastante aconchegante, tomei a liberdade de me tornar teu seguidor, isso até quando permitires, é claro.

Abraços e muita paz pra ti e para os teus.

Furtado.

angela disse...

Muito bom, Daniel. Esse mundo tem muitos alguens e seus seguidores que acreditam nas suas histórias.
beijos

Milla Pereira disse...

Somos todos ninguém, meu amigo! ;falou bonito demais, parabéns! Estou esperando tua visita, abrçso, Milla

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Hoje passando para dizer que estou de volta e agradecer o carinho e apoio.

Beijinhos
Rosa

lua prateada disse...

Maravilhoso amigo é isso mesmo...mas como dizes e tão bem...infelizmente há muita gente que se sente alguém...
Deixo-te um beijinho prateado com muito carinho
SOL

Everson Russo disse...

Na vida, existem varios mundos, varios amores e sentimentos,,,abraços fraternos de bom final de semana...

Pensador disse...

Somos todos ninguém, que deveríamos saber que nada sabemos.
Fossemos nós todos mais humildes, certamente faríamos do mundo algo muito melhor.
Mas acredito que ainda possa ser tempo de começarmos, todos nós.
Abraços!

Desnuda disse...

Querido amigo,


Um poema, uma grande reflexão!


Beijos com carinho Daniel! Saudades!!!

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços fraternos.

lita duarte disse...

O que somos? Ninguém!

Beijos.

Everson Russo disse...

Uma bela semana pra ti meu amigo,,,abraços fraternos.

Talina disse...

Bravo Parabéns!!!

Abraço

Talina