A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

POEMA EU PESCADOR ME CONFESSO



EU PESCADOR ME CONFESSO

“O trabalho do menino é pouco
quem o despreza é louco”
Dizia muito a Karola
Muito em segredo ti João Silvestre
Ora aquela bruxa sacola!...
Aos dez anos comia já o pão que o diabo amassou
Dez anos ao sair da escola
Aos doze anos, sendo humano como sou
Ser mariscador amador
A mente sempre irriequieta pensou
Numa tentativa de contribuir mais para o orçamento familiar
Como companhia imaginei a ti Lourdes
Também a ti Alzira, bastava o pai autorizar
A andar quatro quilómetros
Para chegar àquele perigoso mar
Já ali em perfeita comunhão com a natureza
De pesqueiro em pesqueiro saltitar
Se não fora as lapas de que a mãe fazia saboroso pitéu
Por vezes todo o tempo do mundo e sem nada apanhar
Acumulando com gosto maquinei ser também pescador
Outro patamar!
E tanto meditei que apenas só uma vez ver fazer
Anzóis aprendi, como qualquer marinheiro, a empatar
Dinheiro para custo de anzóis e fio, foram de temer
O resto seria artesanal
A cana do canavial onde a fui escolher
Por mãos próprias trabalhada, um mimo sem rival
Para o pai de novo aceder
A companhia de um seu amigo
Apresentei para me proteger
Era o Júlio, com a ajuda dele
Tentar apanhar robalos, sarguetes ou bodions com a força do querer
Aconteceu uma dia, escolhemos um lagedo
Nada o fazia prever
Dentre bastante entretenimento, confesso
Com o entusiasmo escapou que a maré estava a encher
Fui mariscador de polvos e navalheiras
Vislumbrei ali a morte a temer, nada de dor
Bastante pesquei
Confesso que fui pescador

Daniel Costa


12 comentários:

Everson Russo disse...

Um belo poema de vida meu amigo...de passagens que marcam,,,abraços fraternos de bom dia pra ti.

Maria selma disse...

Daniel,
um poema que conta uma passagem vivida,muito bem contadas neste belo poema,
Linda tarde ,
Beijos de Luz

Bandys disse...

Daniel,

Historias que marcam a vida,
lembranças das pescas vividas,
poema de um grande pescador.

Beijos meu amigo

Severa Cabral(escritora) disse...

Se fala muito de histórias de pescador...a sua tem um contexto magnífico...
fica na paz!

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Everson Russo disse...

Uma bela semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Everson Russo disse...

Meu amigo querido, volto pra agradecer suas palavras no Livro, fico feliz que tenha gostado, abraços fraternos e mais uma vez o desejo de uma bela e abençoada semana.

Evanir disse...

Um poema lindo querido amigo Daniel.
E lindo ler em poema uma verdade vivida.
Um beijo amigo querido.
Uma feliz tarde de Domingo.
Beijos no coração sempre sua amiga.
Evanir

Maria disse...

Meu amigo, vidas dificeis magnificamente retratadas neste lindissimo poema.
Boa semana
beijinhos
Maria

Drika disse...

Querido Daniel.... pescador de amizades, corações... suas palavras são sua rede, sabia?! =)

Um abraço, meu amigo... fica com Deus!

Everson Russo disse...

Uma bela segunda feira pra ti meu amigo...abraços fraternos.