terça-feira, 24 de julho de 2012

POEMA AMOR VIVIDO


 
AMOR VIVIDO

Há amor dividido
O amor pela humanidade
Porém temos o amor de perto vivido
Amor de verdade
Com bonito e íntimo sentido
Amor de apelo diferente
Poderá ser diferido
Cogitava no meu sonho remanescente
Eis que o meu anjo me pegou compungido
Fez-me voar em sentido diferente
 Noutro sentido
De repente noutra galáxia reluzente
Amor vivido
Voava num bonito cavalo alado, diferente
Voava entre nuvens e estrelas, senti um vagido
Uma estrela brilhava, parecia contente
A cintilar de amor convidativo
Seria mais a oriente
Parecia preconizar amor a sós, unido
Sonho diferente
Sem nada dizer, conduziu-me nesse sentido
Senti que estava a sós com a minha amada de sempre
Oh... que hino vivido!...
O encantamento acabou de repente
A viagem fazia sentido
Acabou num sonho com uma bonita estrela reluzente
Com uma grande comoção em grunhido
Amor… amor… amor sentido

Daniel Costa
Foto gentilmente, cedida por Severa Cabral escritora



8 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, amigo Daniel. Li o seu lindo poema e estou relendo para poder comentar.
Daniel, eu estou emocionada ao ler estes versos tão delicados de amor.
O amor existe de todos os modos, em tudo há o amor, mas quando amamos em duplicidade, doação e desejo, tudo fica bem mais interessante.
A vida preenche o tabuleiro de cores vivas, alegre e no céu, no verde da mata o amor impera com um aroma de orvalho fresco e a amada em nossos braços.
Amor que encontrou refúgio nas flores, nas palavras doces e no encantamento regado à respeito.
Há amores que permanecem por toda uma vida, uma eternidade, contrato dos anjos, outros se desfazem porque não eram para ser para sempre, e assim caminhamos.
Que o sonho do amor ao lado do ser amado não morra, que viva sempre na ânsia da procura até verdadeiramente encontrar!
Beijos na alma, e fique na paz!

rosa-branca disse...

Olá amigo, lindo como sempre. Beijos

Severa Cabral(escritora) disse...

Amigo Daniel !!!!!!

Hoje lembrei de ti escritor
que faz de cada palavra
criada á imagem descrevi-da
em metáforas com amor
dentro da magia falada
te abraço com fervor

F*E*L*I*Z***D*I*A***D*O***E*S*C*R*I*T*O*R

Viajando no seu poema posso dizer que o amor tem que ser vivido nem que seja nos sonhos para acalentar o ego de quem ama,Parabéns mais uma vez pelo belo poema...
Abç

Everson Russo disse...

O amor como ele vier é bom,,,é amor...é força pra seguir,,,é companhia pra lutar pelos caminhos da vida...abraços fraternos de bom dia pra ti amigo.

MARILENE disse...

Até o amor sonhado é vivido, pois alegra a alma. Bjs.

Bandys disse...

Daniel,

O amor sentido, vivido dentro da alma, doces.

Lindo.
Feliz dia do escritor,
aqui também não se comemora muito, mas só é lembrado.

beijos

Ivana disse...

Daniel
Sem amor a vida não faz o menor sentido, somos movidos por ele, dele nascemos.
É dele que vem a inspiração para nossos versos, não é? Parabéns pelo poema.
Vejo que tem um espaço com muitas fotos da nossa amiga Severa, muito bacana, obrigada pela visita, um grande abraço!

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo,,,abraços fraternos...