A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 13 de julho de 2012

POEMA TANTO TEMPO



 

TANTO TEMPO

Sonho ou evento?
Exemplo de forma de vida, talvez
Tanto tempo
Se sente de forma indefinida
A imaginação em delírio de espavento
Acto de sonhar, como se tivesse a realizar?
Num repente eu era elemento
Como um ser alado,
Voando entre nuvens e no tempo
Assim me movia em galáxia diferente
Olhando via harmonia e não tormento
Sempre alado, acordado parecia:
Tanto tempo!
Regressei, deveras acordado, que vi?
Extrema corrupção em monumento
Grande despautério
Tinha-se passado tanto tempo.
 A parecerem, anos-.luz,
Um momento!...
Os pobres a pagarem,
A sustentarem os ricos, com sua suas vidas de tormento
A pagarem para que se fizesse justiça
Com tanto tempo?
Para quem tão mal faz,
Quem só para o mal tem certa espécie de talento
No planeta terra, instalou-se o caos,
No preceito de quem pode viver num meio fraudulento
A burocracia da justiça aconteceu um dia!
Para a eternidade, por todo o tempo?

Daniel Costa
















9 comentários:

José María Souza Costa disse...

Lindissimo e denso o seu poema.
Tens, um fim de semana, agradavel.
Um abraço " amaranhenssado", desse outro lado do Atlântico.

Severa Cabral(escritora) disse...

Amigo Daniel !!!!!!
No mundo politico é assim,os pobres a sustentarem os ricos com seu voto.Por isso que vivemos num planeta fraudulento sem falar no caos.Quem sabe se um dia mude...
Abç

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo querido; andei sumida dos blogs, mas estou voltando...
Seu poema retrata uma fase bem atual. A politicagem no mundo.
Belo poema! Bom fim de semana! Beijos

Everson Russo disse...

Na verdade passamos tanto tempo nessa vida tentando nos entender,,,nos encontrar, nos encaixar em alguma forma de amar,,,abraços fraternos de bom final de semana pra ti meu amigo...

Magia da Inês disse...

Muito bonito!

¸❤✿•.¸
♥ Bom fim de semana!
♡ Beijinhos.
Brasil

Tunin disse...

A politicagem nos causa tristeza, mas temos que conviver com essa situação até que haja uma reação coletiva,mas para que isso ocorra, é preciso que a educação, pelo menos do lado de cá, seja eficiente para que mais pessoas possam entender as sutilezas deles.
Amo ver a linda Severa como moldura dos teus poemas.
Abração.

lita duarte disse...

Ah, o tempo...

Belo poema Daniel.

Bjos.

Everson Russo disse...

Uma excelente semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Evanir disse...

Bom Dia Amigo Daniel.
Ter você como amigo é maravilhoso recordo da primeira vez que deixei meu recadinho no seu blog.
Nunca imaginei que dessa viagem faria uma ligação tão grande de amigos unidos.
Fico feliz de ver quantos pessoas imigraram do meu blog para meu amigos conquistados numa busca infinita mundo afora .
Ver a doce madrinha Severa postada no seu blog com essa alegria e sorriso contagiante fico feliz .
Severa é uma pessoa de alma linda minha conselheira em muitos momentos da minha vida.
Tenho um orgulho imenso de ter amigos verdadeiros que posso confiar minhas alegrias e muitas vezes minhas dores.
Poeta ,querido obrigada por me presentear com seus livros do qual tenho orgulho de mostrar para minha familia que é possivel amar um amigo sem nunca ter visto fora da telinha.
Aqui estão minhas verdadeiras amizades quem me ama estão comigo os que simplesmente passaram pela minha vida partiram deixando marcas de saudade .
Agradeço de coração ver meu livro no seu blog estou orgulhosa de você tudo faz de coração sem que eu peça nada.
Nossa amizade se perpetuara através do tempo.
Lindo Domingo meu amigo.
espero que meu livro chega logo até você.