quinta-feira, 28 de novembro de 2013

POEMA AMOR DE PREDESTINAÇÃO




AMOR DE PREDESTINAÇÃO 

Teve origem na religião
Amar é a doce suavidade
Amor de predestinação
O contar com inteira personalidade
A resistir a qualquer rebelião
Saber lutar com sagacidade
Esperar pelo festão
Que o mundo provoque a queda da leviandade!
Volte a deixar ter a felicidade à mão
Felicidade… Oh felicidade!
Quero-te junto ao coração
Desejo-te serena, a sentir minha serenidade
Neste vale de viração
Retalhos de leviandade,
Pura e íntima aversão
Desrespeito pela amabilidade
Inteira ferocidade e rebelião,
Resposta em pedestal, sorriso de verdade,
Verdade, já assinalada no Verão,
Proclamada, com sagacidade
Perante o mar, o céu, a imensidão!
Vamos abrindo caminho à honestidade
Amor de predestinação
 Pede-se apenas humildade!
Haja quem queira ou não,
Haverá humanidade!
Que persista o amor de predestinação!

Daniel Costa


10 comentários:

Carla Fernanda disse...

Amor de predestinação dura o verão e mais outra estação... gruda no coração.

Beijos Daniel e Severa!

✿ chica disse...

Um amor bem cantado aqui nessa poesia! Linda Severa! abração,chica

Anne Lieri disse...

Daniel,mais um belo poema e quando o destino quer não há nada que separe! Sempre linda nossa amiga Severa! bjs,

edumanes disse...

Amor de predestinação
Poema alardear qualidade
Teve origem na religião
Amar é a doce suavidade
Sem qualquer premeditação
Da sentida sensibilidade
Com talento e compreensão
Reconhecida personalidade
Do autor forte imaginação
Aperfeiçoada capacidade!

Belo poema adorei ler
amigo Daniel Costa
desejo uma boa noite
Um abraço
Eduardo

Anónimo disse...

Belo alvorecer amigo poeta !
Poeta de muitos e de muitas revelações.Poeta dos temas polêmicos,do qual mostra sempre a força da mente ativa,não esmorecendo diante dos fatos vividos,mais trazendo sempre como lição,para os menos favorecidos de mente.
Neste tema tão polêmico onde o amor de predestinação nos mostra que construímos nossa casa sobre a rocha.
Pergunto-me !
Podemos definir o que é predestinação,sem usar a bíblia?
Sabe-se que amar é livre arbítrio.Então ama-se porque;
"Se não tivesse o amor
Se não tivesse essa dor
E se não tivesse o sofrer
E se não tivesse o chorar
Melhor era tudo se acabar..." (Vinícius de Morais)
S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!
O seu poema é perfeito no tema, na forma, na explanação e, principalmente, no sentimento que aflora. Muito bom, mesmo que persista o amor de predestinação,estaremos firmes. Sei por mim como é............. amar no presente e amar na ausência...
Abraço amigo!

MARIA MACHADO disse...

Bom dia querido Daniel!

Parabéns, é um belíssimo poema, com certeza predestinado para um pessoa especial. Linda Severa Cabral! Parabéns amiga!

Muito obrigada querido poeta Daniel, por suas palavras que me trazem felicidades em meu blog. Muito obrigada viu!

Um bj na alma!

Maria Machado

Bandys disse...

Muito belo o poema e claro a foto é divina.

Beijos

Ana Bailune disse...

Boa tarde, Daniel. Belíssimo!

Evanir disse...

É preciso reviver o sonho
e a certeza de que tudo vai mudar.
É necessário abrir os olhos e perceber
que as coisas boas estão dentro de nós
onde os sentimentos não precisam de
motivos nem razão para amar nossos irmãos.
O importante é aproveitar o momento
e aprender o quanto a vida é breve
para deixar em brancas nuvens tudo ,
que poderemos ser
útil e amorosos nessa vida.
Se não houve amor ,que as verdadeiras amizades
continuem eternas e tenham sempre um lugar
especial fazendo morada em nossos corações.
Que eu seja para sempre nem ,
que seja uma lembrança porém te peço
nunca esqueça da nossa linda amizade .
Eu deixei na postagem um mimo ,
que é para vc uma lembrança minha.
Se aceitar ficarei grata e feliz.
Se for de outra forma ,
que prevaleça para sempre nossa amizade.
Um feliz e abençoado final de semana.
Carinhosamente deixo beijos no seu doce coração.
Evanir.

Eu Nos e os Sinos disse...

Vim desejar bom dia e ler mais desse seu encanto
em versos.
Bjns
Catiaho Alc.