domingo, 16 de março de 2014

POEMA MAR DA PRAIA DE IPANEMA






          MAR DA PRAIA DE IPANEMA          

Imaginei um esquema
De observar, mergulhando
Mar da praia de Ipanema
Quiçá remando!
Voguei em sonho, no gracioso tema
A beleza das patricinhas, mirando,
Como projetado em écran de cinema
A Senhora do Mar, me animando
Sentia-a em jeito de poema,
Poema, me mimando
Observando a riqueza do sistema
Não só mirando, também rimando,
Rimando com o teorema,
Porém, Vinícius a deixou brilhando
Na sua poesia, como lexema
Que o mundo vem trilhando,
Com glamour de estratagema
Senhora do Mar - Aprovas te orgulhando!
Mar da Praia de Ipanema,
A teu redor o Leblon, te olhando
As correntezas do teu mar como fonema
A atrair surfistas nas ondas voando,
Da Pedra do Arpoador, sem problema
Com emoções fortes, sonhando
Rasgando as ondas, sem anátema!
Observarão o morro, com o mar, lutando,
O morro Dois Irmãos, da cidade ecossistema 
Repare nos coqueiros, balançando
Senhora do Mar, é como semantema
O calçadão; o espaço doirando
Mar da praia de Ipanema
Oh… Oh… Oh… Ipanema!

Daniel Costa





 

15 comentários:

Renata Maria disse...

Enfim, um mar que eu conheço, mas muito mais embelezado pelo seu poema. Adorei tudo, poema e vídeos.
Tenha um bom domingo, anjo.
Beijos,
Renata

José María Souza Costa disse...

Olá, amigo Daniel.
Que lindo e emocionante o seu poema. A cada poema seu que leio, pareces mais brasileiro, e este mais carioca.
Simplesmente maravilhoso. Parabéns, mesmo.
Saúde e Paz.

✿ chica disse...

Que beleza,Daniel e a praia de Ipanema é linda e mesmo inspiradora! Belo domingo! abração,chica

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Daniel.
linda inspiração sobre a praia de Ipanema.
Parece que você nasceu aqui, no Rio de Janeiro, rs.
Parabéns por tudo.
Tenhas um domingo abençoado e de paz!
Beijos na alma!

Ivone disse...

Que lindo, amo Rio, todas as praias são lindas, a de Ipanema então, está bem definida em seus lindos versos poéticos!
Abraços!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Poeta

Simplesmente maravilhoso. tanto o poema como as imagens. Adorei como sempre.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Marta Vinhais disse...

E que saudades tenho do Sol e do Mar que me conte histórias...
Gostei...
Beijos e abraços
Marta

Dorli disse...

Oi Daniel,
Fui quando mais jovem, muitas vezes, para a praia de Ipanema.
Linda cidade do Rio de Janeiro, onde a riqueza vive de mãos das com a pobreza, é discrepância social brasileira.
Mas, enfim, as praias são lindas, mas só as visitava à noite, pois não gosto do sol. Minha pele é muito fina.
Venha conhecer o Brasil!
Beijos
Lua Singular

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Daniel!
Adorei a postagem!
Linda imagem e belo poema.
Muito nos honra sempre com
tão belas postagens.
Bjins
Catiaho Alc.

Anne Lieri disse...

Oi Daniel! Ficou simplesmente encantador esse poema do mar de Ipanema! Uma bela homenagem! Abraços e boa semana,

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite,Daniel
ficou lindo o poema, dessa Praia tão famosa, falada, declamada e cantada e inspiradora...ainda mais, com a escolha do vídeo , da música, Garota de Ipanema,junto!Muito bom!
Obrigado pelo carinho, bela semana,abraços!

Tunin disse...

Ipanema é inspiradora dos Grandes Poetas. E a emoção desta peça poética,realçou mais a beleza da famosa praia.
Abração.

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo mais um poema maravilhoso de uma praia encantadora.
Beijinhos
Maria

Arte & Emoções disse...

Oi Daniel! Com este lindo poema, prestas uma belíssima homenagem a inigualável praia de Ipanema. Aproveito a oportunidade para deixar abaixo o Indo e Vindo com a Garota de Ipanema do grande Vinícius:

Indo

“Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela menina que vem e que passa, num doce balanço, a caminho do mar.”

(Trecho da letra da música Garota de Ipanema de Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim)

Vindo

“A caminho do mar, e num doce balanço, ela, a menina que passa vem cheia de graça, e é a coisa mais linda. Olha!”

Perdoe-me pela baboseira.

Abraços,

Furtado.

MARILENE disse...

Daniel, que linda homenagem a esse mar cheio de magia e encantamento. Parece até que convive com ele. Belos versos. Bjs.