sábado, 26 de abril de 2014

POEMA MAR DA PRAIA DE ARMAÇÃO DE PERA





MAR DA PRAIA DE ARMAÇÃO DE PÊRA          

Senhora do Mar, de voz sincera!
Como a suavidade do marulhar,
Mar da Praia de Armação de Pêra,
A parecer um enfeitado altar,
Podemos imaginar outra Era
Se vista do seu mirante, seu florido patamar!
Podemos ver o protagonismo de quimera,
A passagem nocturna, por entre laranjais, antes do mar
Mente de brilho, que o pensamento não supera,
No que foi a Xelb, dos muçulmanos, radar!
Atual cidade de Silves, onde a praia nos espera,
 Para escutar o suave marulhar
 Senhora do Mar; vem testemunhar esta Era!
O poeta saltar da praia, para mergulhar
Na praia dos Pescadores; ver como é solarenga e vera,
Tem muita beleza, se vista ao luar,
Parecerá aurífera, depois do sortilégio, que se obterá
Depois de ter vagueado pela planície dos laranjais a brilhar
Mar da Praia de Armação de Pêra,
Tempo de férias em ti, é de louvar,
É estar numa outra esfera
Vida própria, para os dias e as noites se aproveitar,
Mar da praia de Armação de Pêra,
Devo, desejo-te amar e felicitar!
Praia do Mar de Armação de Pêra
Não me contenho, vou deixar-te mais um olhar! 

Daniel Costa

 
 

 

12 comentários:

Anne Lieri disse...

Lindo de viver o seu poema! E temos que deixar mais um olhar,com certeza! bJS,

Ivone disse...

Amigo poeta, lindo demais, seus versos então, palavras rebuscadas com atenção para nos enlevar!
Amei, como amo ler todos os seus lindos poemas inspirados no mar, o vídeo nos mostra a beleza do lugar!
Abraços!

Marta Vinhais disse...

Suave...Para desfrutar em pleno...
Bom domingo...
Beijos e abraços
Marta

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Mar da praia de Armação de Pêra, desse nunca tinha ouvido falar. E fico sabendo da sua existência por um lindo poema de um grande Poeta.
Parabéns, anjo!
beijos,
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Magia da Inês disse...

°✿º°。

Praia linda como a poesia.

Bom domingo!
Boa semana!
Beijinhos.
✿º°。✿⊱

Célia Rangel disse...

Daniel!
Que belíssimo poema! As imagens, através de belas fotos, completam nossa admiração em contemplarmos a natureza! Obrigada, por esse momento poeticamente restaurador de nossas almas.
Abraços.

Bandys disse...

Oi Daniel.

Nossa que praia mais linda e agradavel.

Adorei, junto com seu poema vou olhar mais uma vez.

Beijos

Tunin disse...

Uma paisagem dessas, emoldurada pelo magistral pensar poético, só pode encher os nossos olhos de alegria e prazer.
Belo, meu grande poeta!
Abração.

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde meu amigo poeta.. se vai assim tu vai fazer um livro só para as praias se já não o tens.. pq o que tem delas.. eu fico longe de uma aqui no sul.. praia é um encanto e transformada em versos nem se fala.. abração e até sempre

Dorli disse...

Oi Daniel,
Que praia linda!Deu para ouvir no vídeo o choro das ondas.
Só visito praia a noite, minha pele é muito fina.
O outro vídeo me fez lembrar quando me casei pela primeira vez e nós gostávamos de baile, não perdíamos nenhum numa metrópole perto de São Paulo.
Conheço todos os artistas da TV, pois eles trabalham em teatro e numa extensão da Prefeitura Municipal, onde trabalhava, tinha um enorme teatro, eu ganhava o ingresso do porteiro, não perdia um espetáculo.
Aproveitei bem a vida, agora é só descansar, internet e livros.
Beijos, sua poema para esse mar foi lindo!
Parabéns
Lua Singular

Beatriz Paulistana disse...

Boa noite amigo Daniel!!!
Que lugar lindo e que poesia mais bela...
Muito obrigada por seu carinho lá no blog, seu comentário me fez mais feliz...
Tenha uma semana feliz e abençoada!!!
Abraços da Bia!!!