terça-feira, 8 de abril de 2014

POEMA MAR DA PRAIA DE COPACABANA





MAR DA PRAIA DE COPACABANA 

Imaginar a Trapobana
Lendo a estrofe do épico
Mar da Praia de Copacabana
Grandioso a gracioso mundo eclético
Pode ser imaginado à americana
Te apelidarem de princesa do mar não é utópico
Senhora do Mar, trajando de branco, diáfana!
Honrando assim a princesa, será ético!
A princesa que pode e já albergou puritana,
 Milhões de pessoas unidas de ardor profético
Num dia, seguido duma semana
Depois do avanço, religioso católico
A liberdade da humanidade ficou ali consagrada,
Pela solenidade da presença do chefe apostólico
Senhora do Mar, o previsível teve inicio numa orada!
Da religiosidade bem simbólico
Depois paralela à praia e ao mar uma calçada,
Para países irmãos, calçadão lúdico!
Brasil e Portugal estiveram na sua construção de mão dada,
Imitaram a pavimentação da lisboeta Praça do Rossio  - Castiço!
De seu nome próprio de D. João IV, verdadeira dama!
De Copacabana característico,
Mar da Praia de Copacabana,
Da Cidade Maravilhosa, melódico,
Mar da Praia de Copacabana! 

Daniel Costa

 
 
 
 

9 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Gostei da alusão ao grande épico e aos feitos luso-brasileiros que ocorreram à beira-mar de Copacabana.
Poema muito rico, de fato.
Beijos e obrigada por tanta beleza,
Renata

✿ chica disse...

Que maravilha,Daniel. Copacabana linda e tu inspirado assim, bela união! abraços,chica

Ivone disse...

Que lindo o seu poema sobre a praia de Copacabana, realmente é linda, faz muitos anos que fui lá, sou de São Paulo e estou achando que nossas praias estão muito boas, como sabes, meu amigo, o Brasil é um país enorme, esse ano vou passar minhas férias em Manaus, já estou com passagens compradas, meu marido e eu estamos quase completando o nosso circuito de tentar conhecer nosso país, não digo inteiro, pois é impossível, mas nos pontos turísticos já fizemos o Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e agora rumando ao Norte!
Amo conhecer lugares, amo ler suas lindas postagens, principalmente as de Portugal!
Abraços meu amigo que já conhece meu Brasil!

Maria Rodrigues disse...

Um poema lindo de uma cidade maravilhosa. Como eu adorei passear por Copacabana.
Beijinhos
Maria

Marta Vinhais disse...

Que saudades do Rio de Janeiro!!!
E brincar com o mar...
Gostei muito....
Beijos e abraços
Marta

MARILENE disse...

Em sua caminhada, chegou a Copacabana, Daniel. E sua alusão à calçada é real e perfeita. Uma bela inspiração. Bjs.

Regilene Rodrigues Neves disse...

Ler esse poema Daniel
É como sentar a beira-mar
Ouvindo a alma do poeta
Do lado de lá além mar...

Tem som de utopia
Cheiro de fantasia
Magia em versos
A princesa do mar!

Mar da praia de Copacabana
Da cidade maravilhosa
Que toda melodiosa
Encantou o poeta
Que a versejou em inspiração
Escrevendo-lhe a mais linda poesia
Do seu fraterno coração!

Abraço... Regilene

Anne Lieri disse...

Uma praia muito linda e teve uma maravilhosa homenagem com essa poesia! Abraços,

Vera Lúcia disse...


Oi Daniel,

Mar dos sonhos! Quanta beleza existe no mar da praia de Copacabana. Não poderia mesmo faltar entre os seus poemas.

Adorei, inclusive os vídeos.

Abraço.