sexta-feira, 3 de outubro de 2014

POEMA BEM -VINDO


 
BEM - VINDO

Desejando e querendo
Você dizendo baixinho
Bem – vindo!
Sempre devagarinho
Falando e me comprazendo
Com emoção e beicinho
As ilações vou revendo,
Em você, meu caminho!
Encantado e tecendo
Esse seu jeitinho,
Como ave as asas movendo,
Já fora do seu ninho,
Bem – vindo!
Vem amorzinho!
Vem! Eu te compreendo,
Pelo cansaço do caminho
Descanso, estás querendo!
Te sirvo um cafezinho
Depois te sentirás estupendo,
Em altivez, como remoinho,
Eu te comprazendo,
De mansinho!
Bem - vindo
A hospitalidade; terás como o bom vinho!
Acenando: bem – vindo!

Daniel Costa
 
 

13 comentários:

Bandys disse...

Daniel,

Voce como sempre sendo bem vindo com seus poemas.

Muito bom.

beijos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Muito bem vindo seu lindo poema amigo Daniel.
Parabéns.
Bjs-Carmen Lúcia.

Célia Rangel disse...

Um tocante poema ternura de aconchego!
Abraço.

MARILENE disse...

Saber-se esperado, com essa ternura, é por demais prazeroso. Sensível e belo seu poema.
Mais uma vez, Daniel, parabéns! Que seu novo ano seja de muitas bênçãos e alegrias. Bjs.

Lu Nogfer disse...

Que lindos e meigos versos , Daniel!
O carinho e o charminho é sempre bem-vindo entre os amantes.
Adorei, poeta!

Beijos

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Daniel.
Que poema mais terno, querido!
Eu adorei!
Como a gentileza, a candura faz com que tenhamos um modo de vivenciar momentos de cansaço com um sorriso no rosto.
Tudo de bom.
Tenha uma semana de muita paz.
Beijos na alma.

Lucinha disse...

Daniel,

Bem vindo com vinho e tanto carinho, é encantador.
Um poema lindo, que é muito Bem Vindo ao meu coração.
Uma linda semana! Abraços

Marta Vinhais disse...

Um poema de boas vindas...
Gostei muito...
Beijos e abraços
Marta

Graça Pires disse...

Há poemas assim, que nos dão as boas vindas...
Abraço.

Ana Bailune disse...

Bom dia, Daniel!
E por nos sentirmos bem-vindos, continuamos a vir!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sempre bem-vindas são as suas poesias.
Beijo*
Renata

Vanuza Pantaleão disse...

Ahhh...fez-me lembrar um trechinho de um bela canção do Chico Buarque:
"Bem vinda! Bem vinda! Bem vinda no meu coração..."
Três vezes serás bem vindo nos nossos corações, querido amigo.
Bom domingo!
Beijão procê, Daniel!!!

Dorli disse...

Oi Daniel
Que doce poesia
Bem vindo
Um beijo no coração
Lua Singular