quarta-feira, 29 de outubro de 2014

POEMA SILÊNCIO PARA VENCER



SILÊNCIO PARA VENCER  

Nada a perder
A nossa luta silenciar
Silêncio para vencer
Devo reverenciar,
A luta só connosco tecer
O outro nunca maltratar
No silêncio, o convencer,
Que o mundo é de prezar,
Sempre o havemos de refazer
Nos unindo num patamar
A presença do nosso ser
Para a vitória alcançar
Silêncio para vencer
Todo o mundo amar,
Ao mundo muito querer
As vicissitudes tornear
Teia de virtudes, um dever
Para a paz sempre alcançar
Espírito de bem, um prazer
Dito sem me alongar
Silêncio para vencer,
Vencer pelo bem, é de advogar
Silêncio para vencer!

Daniel Costa



CAPA DO MEU LIVRO, "TOP SECRET OLAVO" , A GRANDE LIÇÃO HISTÓRICO -
GEOGRÁFICA, PARA PORTUGAL E BRASIL. UM LIVRO DE QUE BRASILEIROS E PORTUGUESES BENEFICIARÃO, POSSO GARANTIR.
 
 

14 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo poema em que transparece o seu otimismo.
Beijo*

Ivone disse...

Lindo poema meu amigo Daniel, a vitória nem sempre vem de lutas, saber "...No silêncio, o convencer,..."Amei!
Parabéns pelo novo livro, desejo sucesso meu amigo, com certeza conseguirás!
Abraços apertados e agradeço sempre pelo seu carinho lá no meu espaço!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Lindo poetar como sempre amigo Daniel.
Parabéns.
Agradeço muito pela sua presença na minha página do Facebook.
bjs-Carmen Lúcia.

Edumanes disse...

Silêncio para vencer,
barulho para perturbar
acabei sim de ler
um poema para recordar.

Nada fiquei a perder,
tudo fiquei a ganhar
venho aqui bem dizer
o autor do poema louvar!

Um abraço caro amigo,
poeta Daniel Costa,
Eduardo.

Célia Rangel disse...

Um poema que entrega ao silêncio a arte plena do amar e deixar-se ser amado! Mágico momento!
Abraço.

Lucinha disse...

Daniel,

Muitas vezes, é preciso selinciar.
Seus poemas sempre trazem uma mensagem pra mim, esse em especial, mexeu bastate comigo.
Forte abraço querido amigo!

Marta Vinhais disse...

Viver por completo... Sem guerras...
Lindo...
Beijso e abraços
Marta

Felisberto Junior disse...

Olá, Boa noite, Daniel
sim, para vencer,pelo bem... nem sempre precisamos agir, ou falar. Muitas vezes a nossa vitória está em permanecermos em silêncio, quietos e calados...
Obrigado pelo carinho, belos dias, abraços!

Ana Bailune disse...

Boa tarde, Daniel.
Que teu dia seja lindo!
Gostei do poema.

Vanuza Pantaleão disse...

O silêncio é de ouro, a palavra de prata, assim nos ensina a sabedoria popular.
O teu poema nos traz esse milenar ensinamento, Daniel.
Vi a capa do seu novo livro, se depender de mim, está aprovada, rsrs.
Amigo, obrigada pelo incentivo nessa nova jornada que vou empreender.
Beijão e um magnífico fim de semana!!!

Bandys disse...

Ola Daniel,

Adorei. O silencio se escuta a voz de deus, respostas que precisamos e caminhos para vencer.

Sei que achou estranho minha postagem realmente não sóu de escrever cronica, fiz pra mudar um pouquinho. Que bom que você gostou.

Beijos
E bom fds cheio de luz e paz

Magia da Inês disse...

。°°✿⊱。
Silêncio é uma forma de lutar!...

Bom fim de semana!
Beijinhos.°✿⊱
°。.✿✿⊱

São disse...

Gostei do poema, mas foi muito bom ouvir Sétgio Borges.

Tenho, em vinil, "O Louco", mas há anos que o não ouço...nem sei sequer se os meus discos desse tempo ainda estão funcionais!

bom fim de semana :)

Vera Lúcia disse...


Poema lindo, Daniel.
Silenciar muitas vezes é preciso. Com o silêncio podemos evitar discórdias desnecessárias e evoluirmos para um estado de paz. Uma palavra (mal)dita sempre será destruidora.
Não precisamos gritar nossas lutas ao mundo, pois todos têm as suas e somente serão sobrecarregados com nossas lamúrias.
Advogar pelo bem é uma causa de amor.

Abraço.