A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

POEMA FLOR DA MARESIA


 
FLOR DA MARESIA

Do mar cortesia
Do luar desejo
Flor da maresia
Rebentação de murmurejo
Odor de travessia
Fragrância de cortejo
Jardim da falésia
Flores de solfejo
Murmúrios de poesia
Do amor arejo
Dos sentidos anestesia
Brindando todo o brejo
Vidas de burguesia
Entrai no cortejo
De toda a freguesia
Beneficiando do ensejo
Marés de catarsia
Sentimentos de lampejo
Do amar fantasia
Frescura de latejo
Flor da maresia! 

Daniel Costa


"https://www.youtube.com/embed/TBtNwtBQAUQ"

Em 1988, pela voz, de Tristão da Silva, ouvi a canção ao vivo, cinema da Voz do Operário (frente ao mosteiro de S. Vicente Fora, padroeiro de Lisboa). Apesar do locutor, ao apresentar o artista dizer: "que Tristão da Silva nunca de canse de subir a Calçada da Glória", seria a última vez que ouvi o artista em vida. Como o tinha conhecido, pessoalmente, posso afirmar bastante novo.
 

 

6 comentários:

Zilani Célia disse...

OI DANIEL!
MUITO LINDA TUA "FLOR DA MARESIA".
QUE TEU RESTO DE SEMANA SEJA MUITO FELIZ.
ABRÇS AMIGO DANIEL.
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

✿ chica disse...

Maravilhosa tua poesia e imagem,Daniel! abração,chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Como deve ser linda a flor da maresia,tanto quanto a sua poesia.
bjs amigo Daniel
Carmen Lúcia.

vendedor de ilusão disse...

Belíssimo, caro Poeta, a começar pela esplendida foto!
Abraço.

Magia da Inês disse...

⋰˚هჱ⊱
Fotografia maravilhosaaaaaa... imagino a praia como deve ser um sonho!...

Ótimo fim de semana!
Beijinhos do Brasil
╰╮هჱ⊱

Lucinha disse...

Daniel,

A flor da maresia deve ter ficado feliz com o lindo poema em homenagem.
Um lindo final de semana. Abraços