sábado, 14 de março de 2015

POEMA ANGÉLICA ANATOMIA

 

ANGÉLICA ANATOMIA 


Mirificas cores, resultam da quadricromia
Visão idílica; diria a um leigo: angélica!
Imaginando a angelical anatomia
Conta fios, para se verificar a réplica
 Interessante policromia
Afinal; quatro cores, não são aritmética
Delas nasce a ilusão, da fotocromia
Assim como a forma angélica é axiomática,
É espírito, não nos é dado sentir, é biblística
Em jeito de pureza de autocromia
A matéria está sempre fora da mística
Provocará gestos de mordomia
Anjos envolvem mistério, a preconizar encíclica
Angélica anatomia!

Daniel Costa

 

7 comentários:

Ivone disse...

Material ou místico poema?
Bela poesia, bem a calhar depois que houve a polêmica das cores, cada qual viu uma, eu não me ative aos detalhes, mas vi em reportagens, estou me referindo aos que viram o "vestido dourado e branco e outros preto e azul", interessante seu poema!
Abraços apertados amigo Daniel!

Lucinha disse...

Daniel,

Linda poesia angélica!
A imagem também é encantadora.
Lindo Domingo! Abraços

helia disse...

Poema muito interessante !

Vanuza Pantaleão disse...

Angélica policromia. Afinal, os anjos são as centelhas mais amadas por Deus. Por isso, a tudo iluminam com suas cores enigmáticas.

Obrigada por teu carinho, Daniel!
Linda semana!Bjsss

Bell disse...

Anjos são um doce mistério =)

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido amigo, Daniel,
o vídeo com a música borbulhas de amor, nem vou comentar sobre cores, mas sobre a anatomia dos anjos, a qual é linda e nos ilumina a alma. Percebi o brilho de muitas cores ,porém não parei para verificar a qual era a mais intensa, pois todas têm o seu valor.
Belíssimo! Grande abraço!

Bandys disse...

Oi Daniel,
Adorei, Anjos emitem luzes
e não importa a cor.

Um beijo