terça-feira, 17 de março de 2015

POEMA ANJO DAS NUVENS


 
ANJO DAS NUVENS 

São do céu imagens
Tentam encobrir o sol
Anjo das nuvens
Ditoso e luminoso farol
Guarda dessas paragens
Que haja sempre arrebol!
Regulando paisagens
Canto; brilho de rouxinol
Servindo esclarecidos homens
 Olhem como a um crisol
O astro-rei brilhe sem miragens
Atravessando, como nota em bemol
Incidindo, brilhado sem clivagens
Formas de éter, amores de Carol
Brilhantes imagens
Jeitos de concha, de caracol
Anjo das nuvens
Cuida do amor e do brilho do sol
Num mundo de honrosos pagens! 

Daniel Costa

https://www.youtube.com/watch?v=6UsFjXF0GJg
 

8 comentários:

Marta Vinhais disse...

E que viva sempre o amor...
Beijos e abraços
Marta

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Como diz a amiga Marta Vinhais:
E que viva sempre o amor!
bjs Daniel,muito lindo.
Carmen Lúcia.

Dorli disse...

Oi Daniel
O amor é tudo
Beijos no coração
Lua Singular

Ivone disse...

Lindo, sempre lindo seus poemas rimados, o amor muito bem mostrado em versos inspirados!
Amei ler amigo sempre querido!
Deixo abraços apertados!

Olhos de mel disse...

Querido amigo; sempre poemas cheios de beleza e sensibilidade!
Desculpe a demora em vir, mas tenho ficado muito tempo sem ir no meu blog. Beijos

Graça Pires disse...

Um poema cheio de amor. Uma imagem cheia de sensualidade...
Beijo.

vendedor de ilusão disse...

Olá, Daniel!
Mesmo que costas, que anjo, hein?...
Como não se apaixonar e fazer um poema como esse?
Abraço.

helia disse...

Que lindo este "Poema Anjo Das Nuvens "! O Amor é uma excelente Fonte de Inspiração !