quarta-feira, 12 de agosto de 2015

POEMA CEGUEIRA MENTAL



CEGUEIRA MENTAL
 
Do povo antigovernamental
Existencial; sabemos
Cegueira mental
Escolher bem, tentemos
Devemos exigir o transcendental,
Ver nessa óptica; obliquemos,
Moral não haverá no quintal
Fiéis a princípios nos, manteremos
Cegueira mental,
Despropósitos; enxaguemos
O desamor ao povo é sacramental
Apesar das lutas que roemos,
 O barulho fundamental
Para os elegermos
Atiram vozes de instrumental
Que esperam, esquecermos
Antes de eleições, barulho infernal,
A seguir as divisões; sentiremos
Depois silêncio sepulcral
Divisões, essas hemos
Fica a cegueira mental,
Sem o desejar, escolhemos
A distribuição, por poltrões, do vil metal,
Por todos, ainda que estafermos
Cegueira mental!
 
Daniel Costa
 
 
 

10 comentários:

Marta Vinhais disse...

Sofre-se, infelizmente muito disso...
Mas temos que ter esperança...
Beijos e abraços
Marta

Ana Bailune disse...

Eu não sei se é cegueira ou se é oportunismo. cada um vota pensando somente em si, e não no país...
Boa noite, Daniel.

Bell disse...

Estamos vivendo esse tempo =/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

E como existem cegueiras mentais amigo Daniel!
Encontramos tantas,que não tem mais conta.
Adorei.
Bjs-Carmen Lúcia.

Graça Pires disse...

A "cegueira mental" chega a ser uma praga...
Beijo.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Daniel,passando para agradecer as palavras lindas deixadas em meu blog.
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Dorli Ramos disse...

Oi Daniel,

A vida sempre foi assim e também muito pior. O homem se acha dono do mundo e mata a carne e as ilusões do homem.
A vida está parecendo uma equação exata: você vota em mim que lhe dou uma casa, onde está a casa e na próxima eleição molha a mão do miserável faminto e ganha mais um voto.
" tout est la meme chose"
Beijos
minicontista

Mary disse...

Olá Daniel!

Para mim a maior cegueira mental é a do preconceito.

Já Dizia Bob Marley

"Enquanto imperar a filosofia de que há uma raça inferior e outra superior o mundo estará permanentemente em guerra. É uma profecia mas todo mundo sabe que isso é verdade".

Já Dizia Bob Marley

Bjo

Bell disse...

Vivemos tempos complicados =/

Tais Luso disse...

"Antes de eleições, barulho infernal,
A seguir as divisões; sentiremos
Depois silêncio sepulcral"

Estamos nesse momento, infelizmente, e por aqui todos dizem que a coisa vai piorar... A corrupção é nossa maior praga.
Poema verdadeiro, Daniel.

Até!