A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

POEMA ANJO DE ANTOLOGIA



ANJO DE ANTOLOGIA 
 
Fará parte da mitologia
Da religiosidade, da tradição,
Anjo de antologia,
Da vida condição,
Da astrobiologia,
Tratado de erudição
Reverente escatologia
Na procura da perfeição,
Da velha romanologia,
De certa premonição
Sem recorrer à futurologia,
Sem esquecer a tradição
Menos pensar em magia
Ajustando definição
À celestial musicologia,
Coro de anjos em entoação
Anjo de antologia.
 
Daniel Costa
 

 

11 comentários:

Ivone disse...

Que lindo poetar, "anjo da antologia"!
Sempre lindamente rimando para nosso deleite, aprendo os significados de muitas palavras contigo meu grande amigo!
Abraços bem apertados!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Um poema que cai muito bem com a imagem que é da nossa querida
estrela de novelas Paola Oliveira.
Adorei Daniel.
Bjs e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Pensar a antologia organizada por um anjo é lindo.
Beijo*

Rosemildo Sales Furtado disse...

lindos! O poema e a Paola Oliveira.

Abraços,

Furtado.

Bandys disse...

Adorei.
Paola parece um anjo mesmo.
Bela poesia, Daniel.

São disse...

Lindo post, Daniel!

Bom Março :)

Maria Rodrigues disse...

Um poema angelical, lindo!
Beijinhos
Maria

Jose Torres disse...

A qualidade mantém-se e mantém um cordão umbilical.

MARILENE disse...

Daniel, são sempre ricos os seus versos. E esses seguem sua tradicional versatilidade e talento. Abraço.

Marta Vinhais disse...

Poema cheio de luz..
Gostei..
Beijos e abraços
Marta

Graça Pires disse...

Quase que ouvi o coro dos anjos...
Beijos.