A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

POEMA JOGO DA BOLA DE PAU

Foto de Daniel Cordeiro Costa.
Imagem de recorte de jornal, do meu arquivo pessoal

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

O JOGO DA BOLA DE PAU

O jogo da bola de pau
Papa João Paulo I (primeiro)
Referência biográfica de baú
De praticante cimeiro
A história constrói-se de pormenores de nau
Tudo tem início de ”fúria” de romeiro
O jogo da bola de pau
Um futuro Papa foi parceiro
Faz deduzir que a Santa Madre inventou o sarau
Porquanto era a igreja detentora do espaço domingueiro
Por leilão alugava por dinheiro, por cacau
Na Estação de Verão, no tempo festivaleiro
Jogo da bola de pau
 Finar-se coube  a alguém, com mãos jornaleiro
De jorna, para contar a história… a história do xau
Ano de mil novecentos e sessenta e sete, o derradeiro
O campo da singular bola ainda ficou, como a referência a Menelau
A barreira junto ao primitivo cemitério também fez de ulmeiro
Jogo da bola de pau
A lage específica, com rodado de carro de bois rachou, archoteiro
A lage, era peça fundamental, além dos palitos, do barato, era vau
Banca do banqueiro, o que recebia, e ao vencedor atribuía o dinheiro
Os últimos jogadores foram o Abílio, o guarda Alves, não havia o Nicolau
Barbaceca, Gil, Zé Lora, Zé Geada, e eu, banqueiro
Jogo da bola de pau
Guarda Piçarra, Trabulento e o meu parceiro,
Jogo da bola de pau
A recordar, com o Papa João Paulo I (primeiro)
Jogo de bola de pau

Daniel Costa





7 comentários:

✿ chica disse...

Lindo poema e interessante tua pesquisa! Valeu! abraços,chica

Jaime Portela disse...

Mais um poema com a tua inconfundível marca.
Excelente, meu amigo Daniel.
Um abraço e bom fim de semana.

Ivone disse...

Amei ler, aqui há o encanto dá poesia em rima e nos conta parte de História!
Abraços apertados amigo Daniel!

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um excelente trabalho de que gostei de ler.
Um abraço e bom Domingo.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Profª Lourdes disse...

Olá amigo, como sempre, mais uma postagem interessante,homenagem bem merecida a esse grande homem, um santo que viveu aqui na terra.Parabéns per esta iniciativa.

Abraços, tenha um final de tarde feliz com uma noite abençoada e que seu amanhecer seja com muitas energias boas para que reinicie uma semana com saúde e força para seguir sua caminhada feliz. Abraços, fica na paz de Deus.
Lourdes Duarte.

dinapoetisadapaz disse...

Olá Daniel, uma história bem contada na sua linda e merecida homenagem. Como sempre seus textos são interessantes e envolventes.

Grata pelo gentil comentário alusivo aos profissionais Enfermeiros, achei seu relato bem interessante. Uma enfermeira jamis poderá ter raiva ou mesmo destratar um paciente. Ainda bem que vc logo desfez o pensamento contrário.

Amigo, tenha uma abençoada semana.

Abraço!

Célia Rangel disse...

Ler suas postagens é sempre um momento de rica aprendizagem! Parabéns!
Abraço.