A MINHA POESIA - A MINHA VIDA

sábado, 31 de outubro de 2009

poema




GORETE

 

Aconteceu no Ceará
A bruxinha me levou
A bruxinha não era má
Um dia me catrapiscou
Apareceu o sabiá
Sexta-Feira treze me pregou
Partidinha de me levar ao Ceará
Ali não sabia quem sou
Valeu o sabiá
Ele me segredou
No areal vês a Gorete
Bela e sensual mulher, um bijou
O areal é extenso
O sabiá me animou
Que mulher aquela, meus deuses!
Já sabia então quem sou
A Gorete, sua beleza cearense

Ternura e bondade me conquistou
Gostei dela
A bruxinha não gostou
Ela não era de todo má
Acabara o feitiço sumiu voou

A olhar embevecido a Gorete
Meu coração ficou
Gorete a ternura de mulher
Como o sabiá indicou

 

Daniel Costa



12 comentários:

Carmem disse...

Dani, que lindo esse poema.
As imagens também são lindas.

Beijinhos.

Everson Russo disse...

Meu amigo, voce escreve, homenageia de uma maneira tao delicada, tao sensivel, eu fico aqui a procurar palavras pra comentar, elogiar sua sensibilidade,,,,forte abraço e um belo final de semana pra ti...paz de Deus sempre.

JCesar disse...

Olá Daniel. Obrigadíssimo pela visita ao meu blog Iris. Adoro suas poesias, e a passagem pelo senhor de tão ricos versos só enriquecem meu espaço.
Gostaria de poder andar com a camera a mão, para poder fazer registros ímpares, mas aqui em S.Paulo não é fácil. Recorro ao que é possível com o celular.
Espero também poder estar sempre a altura de receber pessoas magnânimas como você.
abraço
JC

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Bruxinho!
A Bruxinha/Sabiá o levou numa 6 13 ao Ceará? Emblemático, diria cabalístico, determinista e chega.
Não conheço a Gorete, mas pela sua descrição deve ser cativante, pois arrebatou mesmo os sentidos do Poeta. Mas está explicado: toda mulher bondosa e terna sempre é cativante e bela, pelo mesmo no seu interior. No caso da Gorete, em ambos, tanto melhor.
Ai dessa Bruxinha, que movida pelo ciúme ou inveja, não sei, acabou com todo o encanto.
Porém, o importante é o que fica gravado no coração, no olhar embevecido e deveras comovente deste Poeta que sempre nos reserva e revela surpresas tão lindas.
Beijos, Meu Anjo, obrigada por mais essa partilha e pelas suas duas incontornáveis visitas,

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá Daniel, querido!
Explico-me de vez para que não restem dúvidas: só porque o Poeta manipula tão bem as palavras que parece mais um alquimista. Não gostou, desculpe-me. Não o trato mais assim.
Beijos e mais beijos
Bom Novembro e Bom domingo

poetaeusou . . . disse...

*
o Ceará
das piadas brasileiras ?
não !
este tem
a verdade poética
de Daniel Costa.
,
abraço
,
*

Everson Russo disse...

Um bela tarde de domingo pra ti amigo poeta, e uma semana cercada de muita paz e poesia...abraços fraternos.

Val Du disse...

Daniel

Quanta beleza em suas palavras.

Beijos.

Jurema Barreto de Souza disse...

Daniel: Muito bonito seu blog.Desejo que a poesia seja sempre sua fiel companheira.Abraços.Jurema

Whispers disse...

Querido Daniel!
Toda a mulher tem feitico.
E tu, Daniel, as sabes pintar com letras muito bem
Boa semana, com paz e Amor
mil beijos
Rachel

Everson Russo disse...

Uma otima semana pra ti amigo, muita poesia e muia paz na alma...forte abraço.

xistosa - (josé torres) disse...

E quando mete bruxas somos enfeitiçados, como neste rendilhado de bela poesia.