segunda-feira, 2 de novembro de 2009

poema


A CHAVE


Estou sisudo
Penso em tudo
Tenho há a chave
Penso nela
Ferramenta singela
Remédio para tudo
Faz falar o mudo
Abre a capela
Fecha a porta
não a janela
Onde falo com ela
Chave é segredo
Guarda o medo
Abre tudo
Com chave
Mundo não é só maldade

É também a saudade
Chave é sorriso
Porta de siso
Fim de lamentos
Êxito de inventos
Com chave finda a sofreguidão
Começa a mansidão
Com essa gazua imortal
Acabará todo o mal

Daniel Costa

Miguel Foz (pseudónimo de Daniel Costa). Publicado no jornal "Serras de Ansião" - 31/05/1972.

15 comentários:

expressões disse...

HÁ TEMPOS QUERO PASSAR AQUI EM VOSSO BLOG, POIS VALENITA JÁ ME RECOMENDOU VÁRIAS VEZES.
SÓ NÃO O FIZ ANTES PELA FALTA DE TEMPO.
CÁ ESTOU.

PARABÉNS PELO BLOG, TENHO ADMIRAÇÃO POR PESSOAS QUE ESCREVEM POEMAS.

ABRAÇOS.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido!
Bom ter a "chave", remédio para todos os males: o siso/faz falar o mudo/ abre a capela/fecha a porta.
Bom ter a "chave", que se iguala a "segredo"/onde se guarda o medo/abre tudo.
Bom ter a chave, que revela a quem a possui que o mundo não é só maldade, que há esperança, quando se vislumbra um sorriso, por intermédio de uma janela; que revela que podem findar os lamentos e a sofreguidão.
Chave, "ferramenta singela", também revela que há a certeza do êxito nos inventos, do começo da mansidão, que com "essa gazua imortal", acabará todo mal.
Brilhante, como sempre, Poeta Daniel!
Beijos e Boa Noite,

Whispers disse...

Querido Daniel
Pode ser a chave do coração?
Existe na vida uma chave pra tudo, e o interessante eh que a chave tanto abre como fecha!
Bonito, como já não e de admirar, escreves com a tinta da emoção

Mil beijos
Rachel

Ana Martins disse...

Belíssimo Daniel, adorei!

Sabe que a imagem me chamou a atenção?
É a imagem que tenho para indicar a minha galeria de selos.

Beijinhos,
Ana Martins

xistosa - (josé torres) disse...

A chave não será o princípio do fim?
Tem mesmo que ser.
Abre-se ... e acaba o valor da chave.
Quando são muitas, por exemplo sete, fica tudo bem guardado.

Um abraço.

Val Du disse...

Daniel

O bom é ter a chave.

Beijos.

Everson Russo disse...

E essa mesma chave tambem pode destrancar um coração triste a um mundo mais alegre e colorido, belo seu poema, um forte abraço amigo poeta e uma semana sempre em paz.

FOTOS-SUSY disse...

OLA DANIEL, BELISSIMO POEMA...A CHAVE PODE ABRIR A PORTA DA FELICIDADE, ADOREI AMIGO!!!
UMA FELIZ SEMANA...BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

JCesar disse...

Olá Daniel, antes de tudo, muito obrigado pelos comentários e pela visita. Assim, peço que mais uma vez passe no meu blog e veja uma lembrança que fiz para você.

Seu espaço é inspirador.

abç
JC

SAM disse...

Bonito, amigo! Eis uma ferramenta que precisamos usar constantemente.

Carinhoso beijo e excelente semana!

Everson Russo disse...

Um forte abraço meu amigo poeta, tenha uma quarta feira de muita paz...

Carmem disse...

Dani

Lindo poema.

bjusss

Sonia Schmorantz disse...

Chaves são sempre um mistério afinal, nunca se sabe qual porta abrem, a não ser o seu dono...
Um abraço

LUX VARIEDADES disse...

Um poema muito bonito.

Bjo

Ana Maria disse...

Amei seu blog, intenso e adorável. Ja estou seguindo...
Gostaria que vc conhecesse o meu cantinho!

http://euqueamotanto.blogspot.com/

Abraços